Tudo sobre a Deusa Hécate e sua fascinante história

Deusa Hécate

É difícil encontrar uma Deusa tão completa quanto a Deusa Hécate na mitologia grega. Aliás, Hécate foi a única entidade dos antigos titãs que manteve autoridade mesmo após os Deuses reclamarem o poder do universo. Não é à toa que sua força se estende por terra, mar e submundo, sendo honrada por todas as divindades. 

Adorada pelas devotas da Wicca, ela também é conhecida como Hécate a Deusa das Bruxas. Além disso, você pode encontrar outros termos para designá-la, assim como Hécate a Deusa Tríplice, Deusa dos Encantamentos, Deusa dos Caminhos e Senhora da Encruzilhada. 

Para entender de onde vem seus nomes, apresentamos a história da Deusa Hécate e os segredos que cercam essa divindade misteriosa. 

Quem é a Deusa Hécate? 

En grego, Hécate significa “aquela que age como lhe agrada” ou “aquela que fere à vontade”. Apesar de possuir uma significação um tanto imprudente, a verdade é que a Deusa Hécate era muito respeitada por todas as divindades da Grécia antiga. Por isso que Zeus lhe concedeu o poder de negar ou conceder desejos à humanidade. 

Por não possuir um mito próprio, a história da Deusa Hécate é contada através de seus atributos e feitos. Desse modo, na época pré-olímpica, ela era conhecida pelas suas boas qualidade, assim como:

  • Provedora de bens e favores;
  • Concessora de prosperidade e abundância; 
  • Dispensadora do dom da eloquência;
  • Orientadora da vitória nas batalhas e nos jogos;  
  • E favorecedora da pesca, do plantio e da colheita. 

Sendo assim, dizem que a benevolência de Hécate alcançava à todas as pessoas que lhe pediam graças. Como retribuição, eram colocadas estátuas da Deusa na entrada das cidades e das casas e, quando a noite chegava, os moradores deixavam comida na porta de suas casas ou nas encruzilhadas em forma de Y para os cães de Hécate. 

Porém, com o domínio do patriarcado na sociedade, a Deusa Hécate passou a ser reconhecida de maneira negativa. Ou seja, pela feitiçaria, magia e encantamentos, necromancia, bruxaria e pelo seu profundo conhecimento de ervas e plantas venenosas. Daí vem seu nome Senhora das Encruzilhadas – local tradicionalmente consagrado à encantos e feitiçaria, associado à escuridão da noite. 

Hécate, Deusa das Bruxas

Deusa Hécate

Por simbolizar o sagrado feminino, a Deusa das Bruxas possui uma aproximação com a Deusa Mãe da Wicca. Além disso, ela é também uma Deusa Tríplice, ou seja, é representada com três corpos ou três cabeças humanas. 

Em cada uma de suas cabeças, as Luas Crescente, Cheia e Minguante estão presentes em forma de tiaras. Já em suas mãos, é possível encontrar um par de tochas, uma chave e uma adaga – símbolos da Deusa Hécate. Ao viajar, ela era sempre acompanhada por uma coruja, a expressão de sua sabedoria. 

Apesar de ser vista como uma jovem donzela pelos gregos, a Deusa Hécate se atribuiu a invenção da feitiçaria e da magia. Aliás, dizem que Medéia foi a sacerdotisa de Hécate, que realizava rituais de bruxaria para manipular com habilidade singular ervas mágicas e venenos. Além disso, ela tinha o poder de mudar o curso dos rios e prever as trajetórias da lua e das estrelas.

Hécate, Deusa dos Encantamentos

Por vagar à noite pela Terra acompanhada de espíritos e fantasmas, Hécate também era chamada de Deusa dos Encantamentos. Isso porque, em noites de Lua Nova, ela patrulhava os caminhos com seus cães, recolhendo as almas dos mortos e surpreendendo os viajantes. 

Como feiticeira, a Deusa Hécate não podia ser vista pelos olhos humanos, por isso, sua presença era anunciada pelos latidos de seus cães. Não é à toa que as pessoas tinham medo de serem enfeitiçados ao escutarem latidos quando o sol se punha. Aliás, imagens violentas foram atribuídas à ela como uma forma de alertar a população contra seus encantamentos. 

Porém, sabe-se que tais imagens são projeções dos medos masculinos diante do poder da Deusa Hécate. Pois ela cresceu protegendo não só o sagrado feminino, mas também a independência das mulheres. Além disso, ela era conhecida por defender mulheres vítimas de violência ao realizar rituais de proteção, afirmação e transformações. 

Hécate, Deusa dos Caminhos 

A Deusa Hécate representa o caos, a harmonia e as potencialidades do feminino primordial, desse modo, sua forma tríplice também simboliza os 3 níveis de entendimento: o céu, terra e o mundo subterrâneo. Além disso, a Deusa Tríplice mostra o conhecimento do passado, para compreender o presente e prever o futuro. 

Caso você esteja indecisa, a Deusa dos Caminhos te direciona para um caminho não apenas horizontal (como a passagem do tempo), mas também vertical (rumo a um dos níveis de entendimento). 

Sendo assim, Hécate aparece àquelas que lhe confiam seus momentos de necessidade e dificuldade. Isso porque ela guia suas devotas para o encontro de novas soluções por meio de recomeços, uma vez que tem o poder de abrir caminhos, clarear mentes confusas e acalmar corações. 

Com as tochas em mãos, a Deusa Hécate ilumina coisas e situações que estavam escondidas. Dessa maneira, ela ajuda as pessoas a buscar uma maior compreensão de si mesmos, da natureza e da sociedade. Além disso, Hécate usa do seu poder de clarividência para orientar a atenção para soluções esquecidas. 

Características da Deusa Hécate

Deusa Hécate

Se você já está encantada com a história e o poder de Hécate, confira abaixo os elementos que simbolizam a sua força: 

  • Ervas: salgueiro, teixo, mandrágora, cíclame, hortelã, cipreste, tamareira, dente-de-leão; 
  • Elementos naturais: água e terra
  • Pedras: ônix, turmalina negra;
  • Cores: preto, azul, vermelho, branco, dourado, cinza; 
  • Dia da semana: sábado ou segunda-feira;
  • Mês do ano: Agosto; 
  • Dias de honra a Hécate: 31/01, 27/02, 04/03, 13/08, 21/09, 31/10, 01/11, 07/11, 16/11;
  • Festas de Hécate: 13 de Agosto e 30 de Novembro;
  • Lua: Minguante e Nova;
  • Associações: trabalhos psíquicos, mistérios e segredos profundos e escondidos, predição, feitiços e transes;
  • Animais: mariposa, cão, loba.

A mitologia grega é riquíssima, mas que tal descobrir também sobre as deusas brasileiras? Confira a história de Ticê

Oração da Deusa Hécate

“Ó Poderosa Hécate,

Faça com que o círculo nunca seja quebrado,

Faça com que a terra esteja sempre firme,

Faça com que o vento seja sempre constante,

Faça com que o mar esteja sempre agitado,

Faça com que o fogo nunca se apague e sua luz mostre o caminho.

Hécate!

Faça-se sempre viva em minha alma.”

Guia das almas, feiticeira das encruzilhadas, símbolo do feminino primordial, orientadora de decisões. São inúmeras as características da Deusa Hécate e, aqui, você conferiu a sua história e teve um gostinho da sua magia. 

Para conhecer mais sobre as deusas da Wicca, confira o livro Todas as Deusas do Mundo, disponível no Astroshopping. Viaje pelo mundo com Claudiney Prieto e desvende mistérios da Grande Mãe e suas diversas facetas em 336 páginas de muito conhecimento e luz. 

Caso você esteja em busca de uma orientação específica, conte com os profissionais do Astrocentro e marque, hoje mesmo, a sua consulta online. São astrólogos, numerólogos, videntes e tarólogos prontos para te ajudarem.

Especialistas online

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *