Deusa Hator – Divindade egípcia do amor, da alegria e da beleza

deusa hator

Deusa Hator é uma das divindades mais populares da mitologia egípcia, cultuada pela realeza, nobreza e, até mesmo, pelos plebeus. Sua importância está no seu poder enquanto deusa dos céus e do sol, do amor, da maternidade e da beleza

Também conhecida como a “Senhora do Ocidente”, é a deusa Hator que acolhe os mortos na passagem para o outro mundo. Além disso, como deusa da alegria, Hator é a padroeira da música, da dança, assim como das grávidas e dos mineiros. 

Quer saber mais sobre a história e as características da Deusa Hator? Então, fique por aqui e descubra todas as curiosidades da divindade egípcia mais importante do Egito Antigo. 

Aproveite para conhecer Deusa Ísis, a Senhora da Magia e Rainha de todos os Deuses

Quem é a Deusa Hator?

deusa hator

Foto: Pinterest

O nome Hator em egípcio significa “casa de Hórus” (deus egípcio dos céus e dos vivos) e isso mostra o porquê dela ser uma das principais deusas do Antigo Egito. Venerada como a deusa da fertilidade, da alegria, da música, da dança e da beleza, Hator nem sempre foi vista como uma deusa bondosa. Na verdade, sua primeira identidade foi com a deusa da destruição.

De acordo com o seu mito, decepcionado com a humanidade, Rá (deus do sol) mandou que Hator (no papel de Sekhmet) devorasse todas as pessoas. Ela o fez com o prazer pela destruição. 

Porém, quando Rá pediu que parasse, Sekhmet não respeitou o seu pedido. Foi então que Rá decidiu enganar Sekhmet embriagando-a e transformando-a em Hator, a vaca deusa dos prazeres e do amor.  

A relação entre a Deusa Hator e Rá sempre foi muito complexa, pois, alguns historiadores afirmam que ela é o olho de Rá, como uma filha. No entanto, há especialistas na mitologia egípcia que acreditam que ela representa a mãe e esposa de Rá. 

No papel de mãe, Hator dá a luz à Rá todas as manhãs, enquanto que como esposa, ela o concebe por meio da relação entre eles, todas as noites. Sendo assim, é neste contexto que surge a representação da deusa vaca. 

Além disso, a deusa assumia outras 3 personificações adotando as características de animais

Personificações da Deusa Hator:

  • Hator leoa: a deusa da destruição de Rá;  
  • Hator vaca: deusa do amor e da maternidade; 
  • Hator cobra: deusa da beleza, da juventude e dos prazeres; 
  • Hator gata: deusa protetora da família.

Hator também era conhecida como a protetora dos mortos por acompanhá-los durante a passagem para a outra vida. 

Representações da Deusa Hator

Além dos arquétipos animais, Hator também adotou diferentes denominações, conforme sua personalidade e importância para os seus devotos. 

Deusa do céu

Segundo os egípcios, Hator simbolizava a Via Láctea, um mar no qual a embarcação de Rá navegava. Por isso, ela também era chamada de deusa do céu, uma deusa cósmica que podia ser vista com a imagem de uma vaca formada pelas estrelas. 

Deusa do sol

Normalmente, nas mitologias, a figura feminina simboliza o poder da Lua, deixando a força do Sol para as divindades femininas. No entanto, Hator era vista como uma deusa solar, ao lado de Hórus e Rá. Nesse sentido, a deusa também era conhecida como “A dourada”, pois seus raios eram capazes de iluminar toda a terra. 

Deusa da alegria

No papel de esposa, mãe e amante, Hator assumia a personalidade de deusa da alegria, a “Senhora do júbilo”. Não é à toa que suas celebrações eram as mais animadas, com festivais e muita música dedicados à sua vida. Por isso, nas suas atribuições estava a deusa da dança, da música e das festas. 

Culto a Deusa Hator

Sempre com muita música e fartura, o culto a Deusa Hator era um dos mais importantes no Egito Antigo. Além disso, uma grande quantidade de templos eram dedicados à divindade, sendo que o principal ficava localizado em Dendera, no Alto Egito. 

Em homenagem a deusa, era comum que as mães colocassem o nome de Hator em suas filhas, como uma forma de proteger a família. Na maioria dos lares egípcios, o seu nome era invocado em orações particulares. 

Outro ponto importante sobre o culto a Hator é que o seu sacerdócio trazia uma peculiaridade importante para a época, pois tanto homens quanto mulheres eram aceitos como sacerdotes. 

Características da divindade egípcia Hator

deusa hator

Foto: Pinterest

Nomes: Hator, Hathor, Hesat, Mehturt, Mehet-Weret e Mehet-uret; 

Símbolos:  Leões, cobra, o instrumento sistro, cana de papiro, espelhos, disco solar e o colar menat; 

Dia de culto: às 8h da Lua Nova do 11º mês do ano; 

Signo do zodíaco: Sagitário;

Planeta: Vênus

Chakra: chakra básico

Animal: Leão, vaca, cobra e gato

Incenso: sândalo;

Pedra: jaspe vermelho, ágata vermelha, rubi, granada e coral.  

Deusa do amor, da beleza, da maternidade e da alegria, Hator representava os símbolos do sagrado feminino e, por isso, era vista como uma entidade bondosa.

Se você está interessada em descobrir mais sobre o fascinante mundo místico das Deusas, marque uma consulta online com um profissional do Astrocentro. Por chat, e-mail ou telefone, é possível aprender mais sobre magia branca e rituais, de maneira responsável e discreta.

Confira a história de outras deusas mitológicas:

Especialistas online

Rafaela Taróloga

Taróloga

97% Avaliações Positivas

663 Consultas

R$4,49 por min. R$2,18 por min.

CONSULTAR AGORA

Denise Médium,Terapeuta Holística e Cartomante

Médium, Cartomante e Terapeuta Holística

97% Avaliações Positivas

858 Consultas

R$4,49 por min. R$2,18 por min.

CONSULTAR AGORA

Hierofante Juarez

Astrólogo e Tarólogo - Sacerdote Estelar

97% Avaliações Positivas

208 Consultas

R$4,49 por min. R$2,18 por min.

CONSULTAR AGORA

Cartomante Flor

Cartomante Sensitiva

95% Avaliações Positivas

358 Consultas

R$4,49 por min. R$2,18 por min.

CONSULTAR AGORA

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *