Saiba tudo sobre a Deusa Freya: história, simbologia e oração

Símbolo da mulher guerreira, que luta e vai atrás de seus objetivos, que encanta e atrai diversas pessoas, Freya é a Deusa nórdica mais conhecida e cultuada. Deusa do amor na mitologia nórdica, Freya também é associada ao sexo e ao ouro, bem como à luxúria, beleza e feitiçaria, além da fertilidade, guerra e morte. 

Significado de Freya

O nome Freya significa “senhora”, tem origem nórdica antiga “Freyja” e pode ser escrito das seguintes formas: Freija, Frejya, Freyia, Fröja, Frøya, Frøjya, Freia, Freja, Frua e Freiya.

Dona de uma beleza indiscutível, Freya tem como seus admiradores deuses e deusas, além de anões e gigantes. Amante das jóias e outros materiais finos, usa seu encanto para obter as peças preciosas que deseja. É apaixonada por poemas, costuma ouvir músicas por horas a fio e tem um dom incomum: Ao chorar, a deusa do amor, transforma suas lágrimas em âmbar ou ouro.

Detentora de características e qualidades únicas, a Deusa Freya é representante da força, sabedoria e beleza feminina. Diante de sua sensibilidade e fertilidade, também é conhecida como a Deusa do sexo, atributo relacionado também à Afrodite, mas, com um temperamento mais forte e guerreiro que a Deusa Grega. 

Por ser a líder das Valquírias, responsáveis por recolher os corpos de bravos guerreiros nos campos de batalha, Freya é considerada a deusa das guerras e possui o dom de conduzir a alma daqueles que morrem em combate.

Que tal conhecer a história da Deusa Freya?

História da Deusa Freya

Filha da gigante Skadir e do Deus do mar Njord, Freya é uma Deusa Vanir e pertence ao grupo da representatividade à multiplicação e à fertilidade. Seu irmão gêmeo, Freyr, responsável pelo tempo, prosperidade, paz, harmonia e alegria, complementava suas ações, atraindo prosperidade e fertilidade para a terra.

Após um grande período de guerras e tantos combates juntos, Freya se muda para Asgard e passa a viver com os Deuses da guerra, a ponto de não conseguirem se separar.

Enquanto os homens morriam nas batalhas, suas almas eram levadas para um salão disponibilizado por Odin, o soberano. Lá, Freya atendia aos nobres guerreiros que mereciam reconhecimento, diante de seus feitos. Ela dividia com Odin as almas desses guerreiros: Metade ia para seu palácio, chamado Fólkvangr, enquanto o restante partia com Odin, para o Valhala. 

Por causa dessa ligação, Freya muitas vezes é erroneamente confundida com Frigga, esposa de Odin. Embora ambas possuam nomes parecidos e com o mesmo significado, elas não estão relacionadas, e a convivência da deusa da guerra com Odin é limitada apenas à organização das almas para a formação do novo exército e pela grande amizade entre os dois.

Veja também: o que são runas de Odin e como utilizá-las

Símbolos da Deusa Freya

O colar de Brisingamen 

Trata-se de um colar mágico de ouro, chamado Brisingamen. A peça foi produzida por quatro gnomos ferreiros e adquirido por meio de uma noite de sexo com cada um deles. A joia possui o poder de controlar o ciclo do dia e da noite e seu brilho assemelha-se ao Sol.

Segundo diz a lenda, com o dom de fazer desaparecer os sentimentos dolorosos, este colar se rompeu por ira da Deusa ao tomar conhecimento de que um gigante havia roubado o martelo de Thor e pedia sua mão para devolver a arma do Deus do Trovão.

O carro de guerra e os linces

A carruagem de Freya é guiada por dois felinos, que com muita velocidade e disfarces avançavam no campo de batalha colocando a deusa, sempre à frente do seu exército de valquírias.

Por esse motivo, até hoje os felinos estão associados ao espírito da Deusa.

A montaria de javali Hildisvín 

O javali tem associações especiais dentro da mitologia nórdica e com relação à Freya não é diferente.

Como em toda guerra, existem animais que facilitam e aceleram a locomoção  humana. Freya, a Deusa da Batalha, dispunha de um javali chamado Hildisvín que a carregava de um lado para o outro, durante as batalhas. Além disso, Freya carrega o sobrenome “Syr”, que tem como significado a palavra “porca”. Como Deusa-Javali, ou Deusa-Porca, Freya está associada às práticas sexuais proibidas – principalmente o incesto entre irmãos, representado por Freya e Freyr -, ligadas às celebrações da primavera e da renovação. 

O javali era também o animal sagrado de seu irmão, o Deus da fertilidade. Sacrificado e oferecido como oferenda ao novo ano, o animal simboliza a garantia de prosperidade nos doze meses seguintes. A partir daí, surgiu o costume de preparar e consumir carne de porco na virada do ano.

Veja também: Divindade egípcia do amor, da alegria e da beleza

O manto de penas

Um manto feito de penas de falcão lhe permitia voar entre os nove mundos e transformar-se em pássaro, enxergando totalmente o território das batalhas e atacar suas presas.

Enquanto na forma humana, envolta em seu manto, usando somente seu colar mágico de âmbar, ninguém resistia à sua beleza e sexualidade.

Runas

Foi a Deusa Freya quem descobriu como poderiam ser criadas as Runas. Ela usou de seu conhecimento e sabedoria para influenciar o destino de Odin, que sacrificou-se por nove dias na Árvore da Vida e depois doou um dos seus olhos para a geração deste Oráculo.

Segundo uma lenda, apenas as seguidoras fiéis de Freya conseguiam decifrar as Runas, logo no início do Oráculo. Por isso, costumam dizer que, entre as Runas existe uma corrente energética de Freya e Freyr, que representam a criação e a fertilidade, respectivamente.

Quer saber mais sobre este poderoso oráculo de Freya? Assista o vídeo abaixo, em que Agda Runemal explica como funciona um jogo de runas:

Características da Deusa Freya

  • Animais: Gato, Javali, Falcão
  • Aromas: jacinto
  • Cores: Azul, branco, vermelho e verde
  • Elemento:Terra
  • Planeta: Terra
  • Dia da semana: sexta-feira ou “friday”, em inglês. É uma homenagem à Freya, sendo este um dia regido por ela, na qual muitos casamentos aconteciam para atrair suas bênçãos
  • Número: 13
  • Dia sagrado: 19º dia do mês de abril.
  • Símbolos: colar de âmbar, penas de falcão e sacola de runas

Curiosidades sobre a Deusa Freya

  • Diversas palavras nórdicas derivam do nome da Deusa, como fru, que significa: mulher que domina seus bens;
  • em islandês, a mesma palavra acima passou com o tempo a ser o significado de mulher;
  • as palavras frowe e frau, em alemão, significam senhora e derivam do nome de Freya;
  • enquanto as gotas de orvalho na região nórdica eram chamadas de “olhos de Freya”, as plantas mais belas recebiam o nome de “cabelos de Freya”;
  • até hoje, mulheres que não conseguem engravidar procuram por Orações e Invocações à Freya para obterem fertilidade;
  •  apesar de guerreira, Freya é muito vaidosa;
  •  O elemento que simboliza Freya é a Terra e o de sua grande paixão, Odur, o Sol. Por isso, a Deusa só encontra felicidade em seus braços e a terra só fica bela e florescida quando ambos estão juntos.

Oração à Deusa Freya

Senhora da Idisis, da fertilidade, do poder, do amor e da paixão, ajude-me a encontrar meu caminho!

Senhora das mulheres, Deusa suprema do feminino, mostre-me a chave da magia e justiça!

Senhora dos gatos e da guerra, oriente-me nos momentos difíceis e me dê agilidade e coragem para superar meus obstáculos!

Senhora da riqueza, dai-me energia pura e restauradora do teu amor.

Minha alma e coração te pertencem e honrarei teu nome eternamente!

Em nome do fogo do ar, da terra e da água, 

Poderosa rainha dos Vanir, mais bela e querida entre todas as Deusas,

Derrame suas bênçãos sobre mim!

Essa oração abrange diversas áreas. Recorra à Deusa Freya para pedir assistência/proteção:

  • amor, casamento, atividade sexual, partos e nascimentos, fertilidade
  • vida longa, proteção, beleza, sabedoria, sorte e riqueza
  • criação de músicas, poesias e escrita 
  • magia, visões e proteção

Agora que você já conhece tudo sobre a Deusa Freya, que tal consultar o seu oráculo? O Astrocentro tem especialistas prontos para atender você via chat, telefone ou e-mail.Todos os profissionais possuem um perfil com comentários e avaliações dos  consulentes. Selecione o oráculo com quem mais se identificar e faça uma consulta às runas!

Especialistas online

Esotérico Online: Martin de Ogum

Martin de Ogum

Tarologo - Baralho Cigano - Numerologia

100% Avaliações Positivas

481 Consultas

R$30 por 15min

CONSULTAR AGORA
Esotérico Online: Elisa Tarologa

Elisa Tarologa

Taróloga , Sensitiva e Terapeuta

85% Avaliações Positivas

897 Consultas

R$30 por 15min

CONSULTAR AGORA
Esotérico Online: Martin de Ogum

Martin de Ogum

Tarologo - Baralho Cigano - Numerologia

100% Avaliações Positivas

481 Consultas

R$30 por 15min

CONSULTAR AGORA
Esotérico Online: Lara Flor

Lara Flor

Cartas Ciganas, Tarot, Oráculos

98% Avaliações Positivas

1201 Consultas

R$30 por 15min

CONSULTAR AGORA

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *