Saiba tudo sobre os Caboclos de Xangô e suas histórias

caboclos-de-xango

A força dos Caboclos de Xangô vai longe, ultrapassa os campos da Umbanda. O poder do Orixá Rei se vincula às divindades indígenas e dão origem a entidades celebradas em vários Terreiros pelo país. Vamos conhecer um pouco mais sobre esses seres protetores? Veja agora a história, o significado, a divindade e os cultos desses espíritos.

Entendendo os Caboclos de Xangô

Essa fusão de cultos entre os ensinamentos (dos Iorubás africanos com a luz e valentia dos ancestrais dos povos indígenas do Brasil) trouxe ao mundo entidades que regem os destinos de muitas pessoas.

Numa tentativa de conceituar, muitos religiosos da Umbanda dizem que Caboclos e Orixás se diferenciam em suas essências. É necessário separá-los para poder entender tamanha força. Vejamos a seguir suas definições.

A origem dos Caboclos de Xangô

Orixás são guias espirituais cultuados há milhares de anos pelos povos da África. A crença nessas divindades vem juntos com os escravos trazidos para o Brasil. O povo Iorubá (principal grupo étnico que ajudou a colonizar o país) não deixou de celebrar seus ancestrais, que tomam forma de elementos da natureza como árvores, rios, pedras etc.

Não foi difícil para esses representantes africanos identificarem na nova terra, espíritos que se correlacionam com os Orixás. Falamos dos Caboclos, que muito mais do que uma raça, a Umbanda os tem como espíritos de grandes guerreiros indígenas, que se unem ao rol das entidades desse grupo religioso.

Um importante exemplo são os Caboclos de Xangô, divindades da linhagem do Orixá dos raios e trovões, que lutam contra a opressão e a injustiça no mundo dos homens. Caboclos da linha de Xangô são reverenciados com seu grande pai.

Vale dizer que essa linhagem de Caboclos não é formada apenas pelos guerreiros; curandeiros, parteiras e aqueles que cuidam da terra completam essas gerações de espíritos. Isso é importante por que é que a especialidade dos Caboclos ditará seu poder. E quando buscar a orientação espiritual dos diferentes Caboclos de Xangô, saberá em qual achar suas necessidades.

O culto aos Caboclos de Xangô

Xangô é associado a grandes figuras que pelo mundo passaram. Políticos, reis e religiosos para muitos são influenciados pelas forças desse Orixá. Da mesma forma, os Caboclos de Xangô estão ligados aos espíritos dos chefes de tribos, curandeiros, xamãs e pajés.

Os filhos de Xangô festejam os raios e trovões no céu, pois sabem que as forças do grande Rei estão acesas e prontas para trazer justiça na terra. Quando querem proteção focam suas preces na “Oração para Xangô”, e com convicção proclamam:

“Senhor meu pai, o infinito é tua grande morada no espaço, teu ponto e energia é nas pedras das cachoeiras.

Com tua justiça fizeste uma construção digna de rei.
Meu Pai Xangô, tu que és defensor da justiça de Deus e dos homens, dos vivos e dos além morte, tu, com tua machadinha de ouro, defendes-me das injustiças, acobertando-me das mazelas, das dívidas, dos perseguidores mal-intencionados.

Protege-me meu glorioso São Jerônimo, Pai Xangô na Umbanda.
Sempre justiceiro nos caminhos em que eu venha passar com a força desta prece, sempre contigo estarei livrando-me do desespero e da dor, dos inimigos e dos invejosos, dos indivíduos de mau-caráter e dos falsos amigos.

Kaô Xangô, Kawó-Kabiesilé!”

Como fazer as oferendas dos Caboclos de Xangô

Por meio das preces e oferendas, seus seguidores buscam justiça, poder, mais conhecimento e amor. O amor também é domínio dos Caboclos de Xangô, que gostam de receber oferendas variadas, desde da simples combinação de fumo com amalá, a de animais de pequeno porte como carneiros.

Ao som do atabaque todas as suas conquistas são lembradas. Na roda de Xangô, seu grande poder é exaltado. E quando Caboclos são incorporados, não passam muito tempo no corpo do médium. Suas mensagens são rápidas, mas o escolhido normalmente não aguenta tanto poder e vai ao chão.

Os Caboclos de Xangô são representados pelo machado de duas lâminas (Oxé). É com o movimento do Oxé que essas divindades mudam e ditam o ritmo dos acontecimentos.

As cores que celebram esses espíritos são as combinações entre vermelho e branco, marrom e vermelho ou marrom e branco. O melhor dia para orações é quarta-feira.

No sincretismo com o catolicismo Xangô recebe os nomes de:

Por isso, as datas importantes para celebrá-lo são 24 e 29 de junho e 30 de setembro.

Caboclos de Xangô e suas divindades

As denominações mais comuns entres os Caboclos de Xangô são: Caboclo Quebra Pedra, Caboclo Justiceiro, Caboclo Machada de Ouro, Cabocla Cínara, Cabocla do Trovão, Caboclo Treme-Terra, Caboclo Trovoada, Cabocla Chama Dourada, Caboclo Ribanceira, Cabocla do Sol, Caboclo Arranca-Toco e outros.

Os Caboclos de Xangô sempre levam sabedoria aos seus filhos. Eles surgem nos momentos de dúvida e que, muitas vezes, é necessária ajuda espiritual para tomar decisão. Eles estão no limiar entre o bem e o mal e sempre apontarão o melhor caminho. Renda suas homenagens a esses espíritos de força, e muito Axé!

Agora que você já sabe como são os Caboclos de Xangô e confira também:

Especialistas online

Sara Bat Sara

Taróloga - Terapeuta Holística

98% Avaliações Positivas

3387 Consultas

R$4,49 por min. R$2,18 por min.

CONSULTAR AGORA

Cigano Luigi

Tarologo

99% Avaliações Positivas

4828 Consultas

R$4,49 por min. R$2,18 por min.

CONSULTAR AGORA

Solange Martins Sol

TARÓLOGA, NUMERÓLOGA E SENSITIVA

99% Avaliações Positivas

17699 Consultas

R$4,49 por min. R$2,18 por min.

CONSULTAR AGORA

Rafaela Taróloga

Taróloga

97% Avaliações Positivas

654 Consultas

R$4,49 por min. R$2,18 por min.

CONSULTAR AGORA

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *