Dom da mediunidade: todo mundo pode ser médium? Saiba sintomas

Médium ou sensitivo é uma pessoa de sensibilidade aguçada que pode registrar a presença de espíritos e também transportar-se para o plano espiritual e descrever cenas e fatos. Pode ouvir espíritos e emprestar seu corpo físico para espíritos desencarnados.

O fato de o indivíduo ser médium não lhe confere necessariamente a coroa de santificação. Médium é um trabalhador da verdade que, quanto mais moralizado e evangelizado, melhor tem condições de servir ao próximo e ser veículo de espíritos com intenções positivas.

Médiuns existem no Espiritismo e fora dele. O Espiritismo não inventou os médiuns, eles sempre existiram em todas as culturas, em todas as partes do mundo e já foram chamados por muitos nomes. Veja também o que é um médium sensitivo.

Será que eu tenho o dom da mediunidade?

Todo aquele que sente, num grau qualquer, a influência dos espíritos ou seres invisíveis é médium. Essa faculdade é inerente ao homem; não constitui um privilégio exclusivo. Por isso mesmo, raras são as pessoas que não possuem algum grau de sensibilidade mediúnica.

Todos somos, pouco ou muito, médiuns. Mas usualmente só se qualificam assim aqueles em quem a faculdade mediúnica se mostra bem caracterizada e se traduz por efeitos patentes, de certa intensidade, o que então depende de uma organização mais ou menos sensitiva.

Dom da mediunidade: principais sintomas

Para sanar esse questionamento primeiro reflita se você de alguma forma possui a sua mediunidade desenvolvida a esse ponto. Muitas de nós somos sensíveis às energias que nos cercam ou possuímos uma “forte intuição”, mas a capacidade da incorporação é algo mais rara e muito mais complexa.

Para saber se você tem a mediunidade aflorada, responda às perguntas abaixo, que revelam sintomas de mediunidade:

  • Você já teve, ou tem, a sensação de que outras pessoas estão falando contigo, mesmo estando sozinho?
  • Você sente ou sentiu, aquele arrepio na espinha ou calafrios repentinamente?
  • Você consegue identificar e sentir os sentimentos de outras pessoas que estão ao seu redor?
  • Você acorda frequentemente com o corpo mais pesado do que o normal?
  • Em lugares muito cheios costuma se sentir indisposto, com mal-estar?
  • Já teve aquela sensação de estar sendo observado e quando procura em volta não vê ninguém?
  • Você se sente mal ao ver plantas sem vida ou animais sofrendo?
  • Seus sonhos aparentam ser verdadeiros?
  • Costuma ficar nervoso ou com tremor sem explicação plausível?

Se as suas respostas foram ‘sim’ para a maioria das perguntas, você pode ser considerado um médium. Mas isso ainda não define o seu grau de mediunidade. Prova, a princípio, que você tem uma certa conexão com um plano espiritual.

Como desenvolver o dom da mediunidade

A capacidade para ser médium espiritual é algo inerente a qualquer pessoa. Quem afirmou isso foi o próprio fundador do Espiritismo e maior estudioso da mediunidade que já existiu, Allan Kardec. 

Desenvolver a mediunidade depende de cada um, das escolhas espirituais e a determinação em incentivá-la. Estudando sobre o tema e fortalecendo sua conexão com o plano espiritual podem fazer de você um médium no futuro.

Uma das melhores maneiras de desenvolver a mediunidade é por meio da meditação e relaxamento. Exercícios que trabalham tanto o corpo quanto a alma podem ajudar a despertar as potencialidades que ainda não existem ou que estão bloqueadas. Se a mediunidade é a capacidade de sentir as energias do mundo, nada melhor do que se desligar de todo o ruído, não é mesmo?

Juntamente com a prática da meditação e do relaxamento, é importante trabalhar valores internos, de foro pessoal. O amor próprio, o amor pelo próximo, a vontade de conhecer e praticar a verdade e o bem, o desapego aos bens materiais, que pertencem ao plano terrestre. Todos esses valores devem ser colocados em prática – a pessoa que desenvolve o dom da mediunidade se preocupa com o coletivo e busca agir em prol das outras pessoas.

O dom da mediunidade está presente em todos nós, em diferentes escalas. Porém, é preciso desenvolver esta habilidade para que você consiga interpretar as mensagens.

Como o dom da mediunidade se manifesta?

O dom da mediunidade funciona através de diversos canais. O médium pode entrar em contato com espíritos que estão no local, pode emprestar seu corpo para que almas desencarnadas possam conversar com outras pessoas, pode apenas ouvir mensagens e transmiti-las ou ainda vê seres que estão entre nós.

Justamente porque a mediunidade pode se manifestar por diferentes canais, as pessoas que possuem o dom da mediunidade precisam praticar e entender bem a sua habilidade para que consiga fazer a ponte entre os dois mundos.

O Astrocentro reúne os melhores especialistas em artes esotéricas do Brasil. Médiuns e videntes, entre outros especialistas, estão aqui para te ajudar. O atendimento é totalmente online e as consultas podem ser realizadas via telefone, chat ou e-mail.

Profissionalismo, sigilo e discrição são as principais qualidades do serviço que prestamos. Todos os seus dados são confidenciais e os especialistas não têm acesso a nenhum dos seus dados além do apelido (login) que você escolheu no Astrocentro. Somente você tem acesso aos dados cadastrados em nossa plataforma, e apenas mediante ao seu acesso pessoal (login/e-mail e senha).

Para realizar seu atendimento, vá até a página principal do Astrocentro, selecione “Fazer uma consulta” e, em seguida, a forma como você prefere ser atendida: chat, telefone ou e-mail. Como exemplo, selecionaremos “Por chat”:

Você será encaminhada para nossa seleção de especialistas. Você pode escolher o que mais lhe agrada avaliando o número de consultas já realizadas e também a porcentagem de satisfação dos outros usuários.

Após selecionar o especialista, você pode verificar se ele está disponível no momento e se a consulta pode ser feita por chat, telefone ou email. Prepare suas perguntas e tire suas dúvidas, com a garantia de sigilo e atendimento de qualidade.

Leia também:

Compartilhe nas redes sociais

Avatar
Yara
Trabalhando como jornalista e astróloga, Yara Vieira, divide o seu tempo sendo especialista em conteúdo web e analisando tudo o que está escrito nas estrelas. Há mais de 5 anos é redatora no Astrocentro e tem como hobbie ler, assistir muitos filmes e explicar o que é Mapa Astral para os amigos.

Especialistas online