Você sabe qual a religião das bruxas? Descubra aqui!

Qual a religião das bruxas

As bruxas fazem parte do imaginário social, despertando a curiosidade de milhares de pessoas ao redor do mundo. Alguns enxergam a bruxaria de forma negativa, fazendo referência às bruxas como malvadas e ligadas ao submundo. Outros duvidam até mesmo de que as bruxas existam. Descubra agora qual a religião das bruxas e outras curiosidades sobre o assunto.

Entendendo qual a religião das bruxas com Wicca

Está querendo saber qual a religião das bruxas? Então, você precisa entender que muitas vezes ela acabou sendo retratada como uma brincadeira ou invenção da modernidade. Por isso, a Wicca é uma religião reconhecida, mas pouco divulgada. Essa religião foi fundada apenas no início da década de 1950, pelo antropólogo Gerald Gardner. Mas alguns estudiosos acreditam que seja a religião mais antiga do mundo.

Existem muitos elementos característicos da religião Wicca, como a celebração da vida, da natureza e das formas sobrenaturais, que assumem a forma de magia. Assim como na maioria das crenças, a Wicca obedece a uma série de princípios e mandamentos.

A configuração da religião Wicca é bem diferente das crenças tradicionais. Por isso, os adeptos dessa corrente religiosa encontram dificuldade em serem aceitos socialmente. Na maioria das vezes em que se fala em bruxas, principalmente em países fortemente católicos, o espanto é geral.

O senso comum considera a Wicca pertencente ao paganismo. A verdade é que para saber qual a religião das bruxas, precisa perceber que ela teve muita influência do paganismo e de crenças que antecedem ao período cristão. Ao contrário da religião Católica, a mais presente no mundo ocidental, a Wicca é considerada de vertente politeísta. Isso significa que as pessoas que seguem essa religião cultuam várias divindades. Bem diferente do que estamos acostumados!

Verdades e mentiras sobre a religião Wicca

As pessoas que se consideram pertencentes à Wicca cultuam a Deus, mas não no sentido comum. Na verdade, elas cultuam várias divindades e energias, como a proveniente da natureza. Ou seja, é uma forma diversa, mas igualmente justa de cultuar divindades. Em um mundo cada vez mais plural, é fundamental aceitar as várias espécies de crenças.

No senso comum, a Wicca é considerada como pertencente ao sombrio e obscuro. Não raro os praticantes são tidos como adoradores do diabo, fazendo referência aos preceitos cristãos. Isso é uma grande mentira. Qualquer pessoa que conheça qual a religião das bruxas sabe que não existe nenhuma relação com o credo ao diabo.

Outra grande falácia sobre os Wiccanos – nome dado aos praticantes da Wicca – é que eles adoram fazer orgias. Essa ideia fantasiosa é resultado de uma análise rasa dos rituais praticados pelos membros da Wicca. Alguns rituais envolvem, necessariamente, a participação de pessoas nuas, o que não significa que estejam participando de orgias.

Apesar disso, é sabido que a religião Wicca abarca uma pluralidade enorme de pessoas. Heterossexuais, homossexuais e transexuais são aceitos e podem participar livremente. Nesse aspecto, nota-se que a Wicca está bem à frente das religiões de origem cristã, que até hoje são contra muitas formas de sexualidade.

Qual a religião das bruxas ao longo da história

Sempre associado a uma visão negativa, o termo “bruxa” foi utilizado para oprimir pessoas ao longo da história. Nos tempos mais remotos da civilização moderna, qualquer pessoa que possuísse visões e conhecimentos novos poderia ser taxada de bruxo.

Entre os séculos XV e XVIII, período conhecido mundialmente como “caça às bruxas”, centenas de pessoas foram julgadas e condenadas. O argumento predominante era a prática de rituais. Muitas vezes pessoas tidas como bruxas eram condenadas como forma de garantir melhores colheitas.

O sabá, ritual comumente praticado pelos membros que sabem qual a religião das bruxas – Wicca, era visto como nocivo pelas pessoas da época. Acreditava-se que as bruxas eram auxiliadas por forças sobrenaturais negativas. Posteriormente, passaram a associar a bruxaria com o culto ao diabo, o que contribuiu ainda mais para a precarização do conceito.

Geralmente, os eventos de julgamento e execução das bruxas eram públicos. Na época, as pessoas se apegavam muito às crenças para justificar os eventos da vida. Se algo não estivesse indo bem na comunidade, logo procuravam um jeito de culpar as bruxas pelos infortúnios.

Foi a partir desses eventos que a denominação “bruxa” ganhou estereótipo deturpado. Agora que você já sabe qual a religião das bruxas e possui mais bases para entender o que de fato significa, passe a seguir esse posicionamento religioso. Mais do que apenas uma crença, a Wicca é uma filosofia de vida e uma corrente espiritual.

Conhecendo melhor qual a religião das bruxas, confira também:

Especialistas online

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *