Saiba que são os caboclos de Oxóssi e conheça sua origem

caboclos-de-oxossi

Os Caboclos de Oxóssi estão entre os mais cultuados na Umbanda brasileira. Seu culto nasce do sincretismo entre as divindades africanas e a espiritualidade dos indígenas brasileiros. São espíritos de boas vibrações, e indicam sempre lutas e conquistas. Vamos conhecer um pouco mais dessas forças espirituais, e como atuam em nossas vidas?

Essa união de crenças religiosas dá origem não apenas aos Caboclos Oxóssi, mas a uma série de seres divinos, e todos ligados às forças do ambiente. Existem diferenças entre os Caboclos e orixás, veremos a seguir.

Caboclos e Orixás entenda suas diferenças

Os Caboclos são considerados pela Umbanda como encarnações de índios que foram essenciais em suas tribos. E é durante a Colonização no Brasil que essas forças são abraçadas pelos africanos que aqui desembarcaram. Acostumados a cultuar divindades com origem nas raízes da natureza, os descendentes dos iorubas logo viram similaridades com os espíritos da nova terra.

Os Caboclos também são vistos como espíritos que trabalham para que toda comunidade do Terreiro cresça. É por isso, que os Caboclos inspiram a caridade entre seus filhos. Porém, não quer dizer que esbanjando conseguirá mais proteção. Precisa ser espontâneo e verdadeiro em suas oferendas. Os Caboclos são grandes defensores da verdade.

Já os Orixás são ancestrais do povo africano. Mas, não figuras de guerreiros, e sim de elementos básicos do ambiente, como as águas dos rios, florestas, animais e outros.

Esse culto ao Caboclo ajudou o perpetuar das tradições africanas, e logo nos primeiros Terreiros no país foi abraçando mais seguidores. E são os Caboclos de Oxóssi que iniciam essa relação dos ancestrais indígenas com os africanos.

Não é à toa, o Orixá Oxóssi, teve grande força na cidade africana de Ketú. Vinculado a imagem de deus da caça e desbravador das matas, elimina o mal ao lançar sua flecha de seu arco sagrado. Oxóssi também representa descoberta, o transmitir do conhecimento.

Ainda no sincretismo com os costumes do Novo Mundo, Oxóssi corresponde a São Sebastião. Eles unem a ideia da luta contra injustiça e as forças negativas que atrapalham o desenvolvimento espiritual das pessoas.

O culto aos Caboclos de Oxóssi

Os filhos de Oxóssi realizam ritos de oferendas e orações. Não existem limitações para o campo de atuação dessa poderosa divindade, ela trabalha em todas as áreas da vida. Esses Orixás simbolizam amplitude e abundância, e normalmente seus filhos rezam em busca de mais conquistas e crescimentos espiritual e pessoal.

Quem segue os Caboclos de Oxóssi é regido pelo elemento ar, e tem caráter ágil e gosta de receber amigos. Está sempre bem-disposto e tem criatividade aguçada. Filhos de Oxóssi não caem nas armadilhas da boataria, evitam conflitos que alimentem a discórdia. Prezam a honestidade, e com postura contundente (como uma flecha) atingem aqueles que ousam vir com ideia contrária.

Para isso pedem proteção na oração do Arqueiro Divino, Pai Oxóssi:

“Arqueiro do Plano Astral, venha em socorro espiritual
Com destreza de caçador, lance sua flecha astral
Que acerte o alvo, exterminando meu inimigo espiritual
Arqueiro divino, Pai Oxóssi!

Afasta o rival que deseja o meu mal
Lança sua flecha e protege o seu filho que reza nessa prece!
Com sua proteção vai haver: fartura e prosperidade
Peço isso em meus caminhos, com vossa permissão!

Oxóssi é Rei das Matas e conhece dela os caminhos.
Ele desvia o malfeitor que se perde em desalinho
Oxóssi, Arqueiro Divino, Pai e Protetor!

Abençoa o meu dia, com prosperidade e amor!
Acerta o alvo, e protege seu filho guerreiro!
Okê! Arô!
São Sebastião amado dê força a seu filho desesperado”

Os Caboclos Oxóssi gostam da mata, por isto, o verde precisa estar sempre presente durante as preces, use velas de cor verde durante este rito.

Já como símbolo de atração para prosperidade em sua vida, o milho verde é a oferenda mais indicada. Tê-lo sempre, é sinal que seu lar receberá a força de Oxóssi. Para purificar sua casa e seu corpo, utilize o eucalipto para banhos e defumações. São rituais simples, mas muito eficazes para quem busca a proteção dos Caboclos de Oxóssi.

Para celebrá-los a data escolhida é o dia 20 de janeiro (dia de São Sebastião). Escolha a quinta-feira para realizar suas preces, e fazer com convicção os ritos. Vista verde e azul nesse dia, e reforce sua reverência a Oxóssi.

Caboclos de Oxóssi e suas divindades

Na linha dos Caboclos de Oxóssi estão as seguintes divindades (Caboclos e caboclas): Aimoré, Pena Branca, Cabocla Jurema, Sete Flechas, Sete Encruzilhadas, Urubatã, Cabocla Jacira, Sete Estrelas da Jurema, Junco Verde, Japiassu, Boiadeiro, Pena Dourada, Rei da Mata e outros.

Como vimos, as vibrações dos espíritos desses Caboclos são sempre positivas. Dedicar a fé a eles, é unir-se ao que mais genuíno que essa terra nos deu. Os Caboclos de Oxóssi não alimentam a disputa, mas através de atitudes corretas de seus filhos, buscam um ambiente de paz.

Agora que você já conhece melhor os Caboclos de Oxóssi, confira também:

Especialistas online

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *