Tudo sobre radiestesia: como surgiu, o uso do pêndulo e o que não perguntar durante a consulta

Como surgiu a radiestesia?

Para falarmos sobre como surgiu a radiestesia, é importante primeiramente definirmos seu significado. A palavra radiestesia é composta por dois termos: radius, que tem origem no latim e significa radiação, e aisthesis, de origem grega e que significa sensibilidade, logo radiestesia significa sensibilidade às radiações.

 

Os primeiros indícios do uso da radiestesia pelo homem foram encontrados em inscrições rupestres pré-históricas no Peru, onde se pode ver um homem com aparência meio mística empunhando uma forquilha, um pedaço de madeira em forma de Y, considerado o aparelho radiônico mais antigo que se tem registro.

No Brasil, a radiestesia foi usada pela primeira vez entre 1905 e 1916 pelos franciscanos do Mato Grosso, que usavam o pêndulo para diagnóstico e tratamento, essencialmente através de ervas medicinais, da população local.

O uso do pêndulo

O pêndulo é o principal instrumento da radiestesia , funciona como um detector para extrair, analisar, selecionar e testar as energias ou radiações mais sutis de qualquer corpo ou pensamento, mediante as perguntas formuladas pelo radiestesista e/ou por meio de uma precisa intenção.

Se o pêndulo for usado corretamente, ele pode fornecer respostas verdadeiras para o consulente. Isso ocorre porque cada elemento presente no Universo é energia em evolução contínua, que está em constante movimento e fica contida em nossas questões e intenções inconscientes, energéticas e vibratórias, que transmitimos e recebemos para/pelo mundo.

O que não devo perguntar?

Se você não conhece a radiestesia e não sabe ao certo o que perguntar durante a consulta, veja algumas dicas de tipos de perguntas que devem ser evitadas:

  • perguntas com emoções negativas (raiva, ciúme etc.);
  • perguntas apenas por curiosidade;
  • perguntas vagas ou que tenham mais de uma resposta;
  • perguntas no qual a resposta já é conhecida (com exceção para exercitar e testar a autoconfiança).

Mas lembre-se que não existem regras fixas sobre o que perguntar ao pêndulo, tudo depende das suas verdadeiras intenções e abertura energética que possui para transmitir as vibrações certas e obter melhores resultados.

 

 

Especialistas online

Marcelino Bessa

Tarólogo

91% Avaliações Positivas

68 Consultas

R$4,49 por min. R$2,18 por min.

CONSULTAR AGORA

Symony Cigana

Baralho Cigano, Sacerdotisa, Sensitiva

97% Avaliações Positivas

1982 Consultas

R$4,49 por min. R$2,18 por min.

CONSULTAR AGORA

Solange Martins Sol

TARÓLOGA, NUMERÓLOGA E SENSITIVA

99% Avaliações Positivas

17520 Consultas

R$4,49 por min. R$2,18 por min.

CONSULTAR AGORA

Agnes Taróloga

Tarologa

99% Avaliações Positivas

1115 Consultas

R$4,49 por min. R$2,18 por min.

CONSULTAR AGORA

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *