Ciúme demais, cuidado! Aprenda a controlar seus sentimentos

Sentir ciúme é um instinto natural do ser humano. Esse sentimento é sinal de zelo pela pessoa amada, é a vontade de cuidar, e um leve medo de perdê-la para uma terceira pessoa. Às vezes, entra um pouco de baixa autoestima, afinal, achar que você não é o suficiente para alguém e por isso ela vai procurar outra pessoa mostra essa insegurança. Porém essas coisas são normais, todos já sentiram isso, e já passaram por isso, mas tudo tem o seu limite. É importante analisar e saber se existe ciúmes demais.

 O ciúme pode ser divido de duas maneiras, o normal e o doentio. O normal é o ciúme de determinada situação, de uma pessoa, de um momento, e a característica mais importante é que ele passa. Aquele sentimento que fica martelando na sua cabeça, criando situações inexistentes, este é o ciúme doentio.

Existem casos em que o ciúme se torna uma doença, pois enlouquece a pessoa. Ter aquela desconfiança do parceiro é normal, infelizmente a vida nos ensina que confiar demais nos outros pode nos machucar. Porém, desconfiar em excesso é neura. O estado patológico é a junção de uma série de emoções como a ansiedade, raiva, insegurança, culpa e, às vezes, até vingança.

Esse ciúme demais é semelhante ao estado de dependência química, pois no começo a pessoa se joga de cabeça na relação, abre mão de todas as coisas que gostava. Daí, quando o ciumento sente alguma ameaça, o medo de perder a pessoa amada faz com que ele enlouqueça. Assim os pensamentos de quem se encontra nessa situação passam a ser similares ao de alguém que tenha distúrbio. São pensamentos intrusivos, desagradáveis e que despertam a desconfiança.

Maneiras de se lidar quando o existe ciúmes demais

Ao se envolver com uma pessoa ciumenta é preciso saber lidar com ela, ou então o relacionamento não terá futuro, e ninguém quer isso. Por isso, tem de saber as formas certas de passar por esta situação.

Fazer tudo o que o namorado ciumento compulsivo pede é a maneira mais errada de lidar com isso. Deixar de falar com os amigos, parar de visitar a família, só para evitar as brigas são alguns dos maiores erros que uma pessoa pode cometer. Ao fazer isso, você estará dando ao parceiro o controle total sobre a sua vida, deixando claro que ele pode interferir em todas as suas atitudes e te sufocando. Um tempo depois perceberá que que andou se deixando de lado para viver submissa do ciumento, e isso pode causar uma revolta e forçar o fim do relacionamento.

Para lidar com uma pessoa ciumenta demais é necessário conversa, mesmo que ela te ignore. Também vale recomendar uma ajuda psicológica e terapêutica, para que conquiste maior equilíbrio entre os seus sentimentos. O primeiro passo será controlar a ansiedade e o medo de perder, reconstruindo a sua autoestima e estabelecendo uma segurança emocional. Ninguém pode viver na dependência do outro.

E se quem sente ciúmes demais for você?

No caso de você ser a pessoa ciumenta então lembre-se que é impossível viver ao lado de alguém que te faz sentir preso e sufocado. Dê liberdade para o seu companheiro e não perca a cabeça quando ele sair.

Não se esqueça de manter o amor próprio. Você é única e ninguém é tão maravilhosa, se ele escolheu estar contigo é porque viu as suas qualidades e amou os seus defeitos.

Evite também imaginar coisas, você sabe quando tem essas crises de ciúme sua imaginação voa longe. Controle-se, se acha que existe motivo para esta insegurança, fale com uma amiga, conte o que aconteceu e se ela acha que você tem de ignorar o ocorrido ou se deve conversar com o namorado sobre o assunto.

Aprenda a conversar com o seu parceiro, esta é a solução para qualquer problema do casal. Não adianta fazer cena, pois isso só deixará o companheiro com raiva ou, até mesmo, com vergonha alheia. Assim, quando achar que existe algo que ele fez e que você ficou com ciúme, converse com ele, explique o que não gostou, mas também esteja aberta para ouvir o que ele tem a dizer e, por fim, confie nele. A confiança é a chave para uma relação de sucesso.

Caso você não consiga se controlar, parar de imaginar coisas e fica se martirizando por algo que nem aconteceu é porque está na hora de procurar ajuda. Um terapeuta ou psicólogo vai avaliar a relação e te orientar sobre as melhores soluções para que você conquiste o equilíbrio, a autoestima e siga uma vida livre do ciúme e mais feliz.

Leia também:

Quem é o seu anjo da guarda?

Compartilhe nas redes sociais

Yara
Trabalhando como jornalista e astróloga, Yara Vieira, divide o seu tempo sendo especialista em conteúdo web e analisando tudo o que está escrito nas estrelas. Há mais de 5 anos é redatora no Astrocentro e tem como hobbie ler, assistir muitos filmes e explicar o que é Mapa Astral para os amigos.

Especialistas online

Esotérico Online: Taróloga Athena

Taróloga Athena

Cartomante, Terapeuta Holística

98% Avaliações Positivas

1898 Consultas

R$30 por 15min.

CONSULTAR AGORA
Esotérico Online: Cigana Madalena

Cigana Madalena

Taróloga e Sensitiva

96% Avaliações Positivas

898 Consultas

R$30 por 15min.

CONSULTAR AGORA
Esotérico Online: Tarólogo Amom

Tarólogo Amom

Tarólogo, médium e reikiano

100% Avaliações Positivas

62 Consultas

R$30 por 15min.

CONSULTAR AGORA
Esotérico Online: Taróloga Athena

Taróloga Athena

Cartomante, Terapeuta Holística

98% Avaliações Positivas

1898 Consultas

R$30 por 15min.

CONSULTAR AGORA