Diferença entre Mapa Astral e Revolução Solar: Entenda

Mapa Astral e Revolução Solar

A astrologia consiste em um sistema de observação milenar, que existe há mais de 4000 anos. Assim como em todas as demais áreas do conhecimento, passou por um considerável processo de evolução. 

O Mapa Natal e a Revolução Solar são mandalas que representam o posicionamento dos astros no céu em determinado momento e lugar específico. São utilizados pelos astrólogos como importantes ferramentas para a compreensão de um indivíduo – o que muitas vezes é conhecido como “previsões astrológicas”. 

Previsões com Mapa Astral e Revolução Solar?

A palavra “previsões” pode ser um pouco problemática porque não se trata de algo definido e imutável. Com base na análise das principais potências que se evidenciam na personalidade de alguém, pode-se identificar os possíveis sistemas de crenças e padrões comportamentais de uma pessoa. 

Essa leitura é feita a partir da interpretação da relação dos diversos componentes de um mapa astral: a configuração das casas nos signos (sendo que cada “casa” representa um aspecto da vida), o posicionamento dos planetas nas casas e os aspectos (angulações) que os astros fazem entre si. 

Sendo assim, o mapa astral e revolução solar nos possibilitam compreender a forma com que os astros atuam na vida de uma pessoa. 

Diferença entre Mapa Astral e Revolução Solar?

A grande diferença entre o Mapa Astral e a Revolução Solar se encontra no fato de que o Mapa Natal consiste em uma mandala do céu no momento exato do nascimento, que nos revela forças e potencialidades, assim como os desafios que podemos enfrentar ao longo do caminho.

A Revolução Solar também tem como base o dia e o horário em que a pessoa nasceu, mas ela dá acesso às “previsões astrológicas” para o novo ciclo de vida que iniciamos a partir do dia do nosso aniversário. 

Portanto, o Mapa Astral é o fundamento do mapa da Revolução Solar. Essa interpretação considera a alteração de lugar e o momento exato em que o Sol passa novamente pela posição que está em nosso Mapa Natal. Isso pode ocorrer no mesmo dia do aniversário, um dia antes ou um dia depois, a partir do qual se inicia uma nova leitura do Mapa Astral. 

Por esse motivo, muitas pessoas costumam marcar uma consulta anual com um astrólogo, próximo ao seu aniversário. Essa é a diferença entre Mapa Astral e  Revolução Solar.

Quais são os benefícios? 

Os fins de ciclos podem ser momentos desafiadores, em que somos direcionados a refletir sobre tudo aquilo que aconteceu, para que possamos aprender com os erros e analisar o que pode ser melhorado. 

O maior benefício da Revolução Solar é que, através dela, conseguimos “destrinchar” melhor nosso Mapa Astral.  Compreendendo ciclo por ciclo, o que pode facilitar o processo de evolução. 

Ao tomar consciência das áreas da vida que estarão em evidência e dos principais desafios que podem surgir, é possível iniciar “ano pessoal” de forma mais preparada e confiante. 

No mapa da Revolução, o Sol está posicionado no mesmo lugar que o mapa do horário do nascimento, mas os demais astros ocupam novas posições, que devem ser analisadas para orientar e conhecer as possíveis tendências que estarão presentes nesse novo ciclo. 

Apesar de ser uma ferramenta muito importante, a Revolução Solar é apenas uma das técnicas de interpretação utilizadas pelos astrólogos como fonte de autoconhecimento para seus clientes. 

Interpretação do Mapa Astral e Revolução Solar?

Os trânsitos e as progressões planetárias são outros indicadores para a leitura dos grandes eventos sinalizados pelo Mapa Astral e Revolução Solar, possibilitando uma previsão mais precisa acerca do momento em que essas situações vão se desenrolar. 

Por esse motivo, uma maneira mais adequada de interpretar o mapa da revolução é levando em consideração as progressões primárias e secundárias, para evitar qualquer incompatibilidade.

Progressões Primárias

As progressões podem ser observadas a partir da análise dos trânsitos planetários e se baseiam nos movimentos realizados pelos planetas, levando em consideração o deslocamento progressivo anual que nos mostram as posições reais dos planetas durante os meses examinados. 

Ao analisar o tempo que cada astro leva para “caminhar” pela mandala que é o mapa astral, percebemos que as progressões são impulsionada por uma “grande engrenagem cósmica” que desloca os componentes móveis do mapa astral, cada um no seu próprio ritmo. 

A grande dificuldade desse método é que, para que seja eficiente, deve-se ter conhecimento do horário exato de nascimento, porque cada minuto errado significa um ano de erro na interpretação, o que explica os muitos casos de pessoas que procuram esse tipo de leitura com um horário aproximado, mas afirmam não haver compatibilidade. Algum tempo depois, porém, é possível perceber situações compatíveis com o que foi interpretado na sua Revolução Solar de um ano anterior

Progressões Secundárias

A análise das projeções secundárias é uma forma de verificar a precisão dos acontecimentos que são indicados pelas progressões primárias. Por meio da análise dos movimentos do Sol, da Lua, do ascendente e do meio do céu, que se deslocam cerca de um grau por ano, influenciam a vida do indivíduo por até três anos, que marcam o início, o meio e o fim do aspecto indicado. Porém, esses marcadores não revelam de forma clara os meses em que esse acontecimentos marcantes podem acontecer. 

Lua

A progressão da Lua é essencial para essa leitura. A Lua se movimenta de forma mais rápida do que qualquer outro astro, o que indica com mais clareza as influências astrológicas que se manifestam durante um período de aproximadamente seis meses. Como esse planeta é o regente das nossas emoções, os aspectos que esse planeta forma com outros e o seu trânsito pelas casas do mapa astral nos encaminham a encarar determinadas características que necessitam de mais atenção em nossa personalidade e em nossas relações. 

Porém, é natural do ser humano reprimir ou ignorar aquelas emoções que são incômodas, porque esses sentimentos nos fazem sentir vulneráveis e ativa nossos mecanismos de defesa inconscientes. O grande problema é que essas situações desafiadoras vêm à tona exatamente para nos fazer olhar para elas e, por isso, quando nos negamos, esses sentimentos se tornam problemáticos. 

Dessa forma, compreendemos que o Mapa Natal e Revolução Solar são ferramentas muito úteis para facilitar esse processo. Isso porque a partir do momento que tomamos consciência das tendências que precisamos trabalhar em nós mesmos, conseguimos integrar essas emoções de forma mais saudável. 

Assim, caminhamos em direção a melhor versão de nós mesmos. O autoconhecimento pode ser considerado um “dom” pelo qual nós precisamos nos dedicar, para que os desafios que passamos ao longo da vida não se transformem em fardos ou traumas, e cumpram o seu propósito: nos ensinar a ser pessoas melhores.

Compartilhe nas redes sociais

Victoria Costa
Apaixonada pelas particularidades da mente humana e pelos efeitos dos trânsitos planetários sobre ela, Vic Costa trabalha como astróloga e redatora no Astrocentro e divide seu tempo interpretando os astros e estudando Psicologia. Como uma boa pisciana, a empatia e a intuição são seus pontos fortes.

Especialistas online

Esotérico Online: Symony Cigana

Symony Cigana

Sacerdotisa, Sensitiva, Terapeuta

98% Avaliações Positivas

2615 Consultas

R$30 por 15min.

CONSULTAR AGORA
Esotérico Online: Bia Taróloga e Terapeuta

Bia Taróloga e Terapeuta

Taróloga, Terapeuta, Mentoria

100% Avaliações Positivas

133 Consultas

R$30 por 15min.

CONSULTAR AGORA
Esotérico Online: Nyle Navar

Nyle Navar

SENSITIVA, TARÓLOGA E NUMERÓLOGA

98% Avaliações Positivas

8851 Consultas

R$30 por 15min.

CONSULTAR AGORA
Esotérico Online: Solange Martins Sol

Solange Martins Sol

TARÓLOGA, NUMERÓLOGA E SENSITIVA

99% Avaliações Positivas

20067 Consultas

R$30 por 15min.

CONSULTAR AGORA

Comentários

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *