Astrologia na infância – Saiba a necessidade do Mapa Astral do Bebê

mapa-astral-do-bebê

O Mapa Astral é uma ferramenta da Astrologia muito importante para o ser humano, pois ajuda bastante para ter acesso ao seu autoconhecimento. Quando somos adultos, fazer o nosso próprio mapa de nascimento nos faz entender quais são nossas qualidades, defeitos e missões. Assim, podemos compreender melhor nossas atitudes e até escolher caminhos mais propícios para o sucesso de acordo com a nossa personalidade.

Então, por que fazer o Mapa Astral do bebê se ele não consegue ter esse entendimento?

A importância de fazer o Mapa Astral do bebê

Partindo de uma resposta bem lógica, o bebê e/ou a criança realmente não vão saber o que fazer com as informações que o Mapa Astral é capaz de entregar. Por isso que o benefício vem mesmo para os pais, que vão conseguir compreender melhor a personalidade e as características do filho. Assim, podem trazer uma educação mais compreensiva e capaz de exaltar as qualidades e lidar com os defeitos.

O especialista do Astrocentro, Steffano, nos explicou um pouco sobre as vantagens de fazer o Mapa Astral do bebê:

“Assim como o início da jornada do herói marcado pelo ‘0’ no Tarot, o Mapa Astral do bebê representa, não somente o início, mas também o primeiro código de acesso da personalidade e vida do indivíduo.

“Ao realizarmos o Mapa Astral do bebê, estamos na busca por compreender melhor quem é que está encarnado neste plano, quais são suas questões e como devemos nos preparar para trabalhar com elas.”

Steffano também fala sobre como é importante analisar os desafios que irão surgir na vida da criança. Como é importante entender a profundidade e singularidade dos elementos em sua vida. Para ele, os elementos carregam arquétipos antigos que vêm sendo estudados desde muito tempo:

“E no bebê toda essa energia arquetípica é encontrada. Portanto, mais que um cuidado, é uma atenção profunda de quem ama fazer o mapa astral do bebê.” – conclui o especialista.

Como fazer o Mapa Astral do bebê?

O Mapa Astral do bebê é feito da mesma maneira que os outros: data, horário e local do nascimento. Através dessas informações temos a imagem exata do posicionamento dos astros no céu naquele momento – o nascimento da criança.

É desta forma que vamos ver onde estão cada signo, planeta, casa e todos os alinhamentos deles no céu. Tirando dessas informações as características que irão reger a criança.

Entendendo o Mapa Astral

Ascendente – Vai indicar a forma como a criança enxerga o mundo e como vai lidar com essas informações.

Planetas

Sol – Identidade da criança, responsável pelo que a fará alegre e que desenvolverá suas principais características

Lua – A sensibilidade vem da Lua. Assim, esse planeta vai indicar a forma como ela agirá emocionalmente em diversas situações.

Mercúrio – Esse planeta será o responsável pelo lado lógico e racional da criança.

Vênus – O planeta do amor vai ser responsável pela forma como ele vai se atrair e se relacionar com outras pessoas.

Marte – A forma como a criança irá tomar iniciativa.

Júpiter – A maneira como a criança vai lidar com os aspectos físicos, espirituais e sociais.

Saturno – A forma como a criança irá lidar com os limites.

Urano – Este planeta será responsável pela forma como a criança irá se renovar.

Netuno – A maneira como a criança vai desenvolver sua espiritualidade virá deste planeta.

Plutão – O poder de transformar e liderar da criança será desenvolvido deste planeta.

Casas

Casa 1 – Auto-imagem.
Casa 2 – Talentos, recursos, energias necessárias para sobreviver.
Casa 3 – Forma que nos relacionamos com o próximo.
Casa 4 – Necessidade no ambiente familiar.
Casa 5 – A forma que nós eternizamos.
Casa 6 – Forma que superamos os problemas da vida.
Casa 7 – Maneira que somos atraídos pelo outro.
Casa 8 – Forma que abordaremos as mudanças.
Casa 9 – Como lidamos com as leis e os padrões éticos.
Casa 10 – Como será sua ascensão social.
Casa 11 – Encaramos as experiências em grupo.
Casa 12 – Como devemos resgatar o nosso passado.

Signos

Áries – Corajoso, destemido, intuitivo, agressivo, preocupado consigo mesmo, competitivo, defensivo e descuidado.

Touro – Determinado, habilidoso, prático, teimoso, obstinado, preguiçoso, comodista, possessivo e materialista.

Gêmeos – Comunicativo, flexível, interessante, engenhoso, inteligente, curioso, superficial, mutável, tagarela e manipulado.

Câncer – Cuidadoso, afetuoso, protetor, sensível, romântico, dependente, melancólico, medroso e emocionalmente instável.

Leão – Criativo, generoso, decidido, expressivo, afetivo, rigoroso, egoísta, exagerado, exigente, dramático e vaidoso.

Virgem – Criterioso, útil, eficiente, organizado, detalhista, analítico, prático, crítico, perfeccionista e preocupado.

Libra – Cooperativo, equilibrado, artístico, interessado, sociável, indeciso, influenciável e superficial.

Escorpião – Intenso, profundo, controlado, poderoso, perceptivo, possessivo, controlador, desconfiado, vingativo e rancoroso.

Sagitário – Otimista, honesto, respeitoso, aventureiro, excessivo, fanático, grosseiro, irresponsável e não tem limites.

Capricórnio – Responsável, bem-sucedido, ambicioso, respeitoso, autoritário, rígido, pessimista, aproveitador e pão duro.

Aquário – Original, inventivo, progressista, altruísta, caprichoso, rebelde, frio e revolucionário.

Peixes – Idealista, espiritual, sensível, generoso, romântico, sonhador, medroso, irrealista, instável, dependente e depressivo.

Agora que você já sabe qual o benefício de fazer o Mapa Astral do bebê, aproveite para ler também:

Compartilhe nas redes sociais

Avatar
Yara
Trabalhando como jornalista e astróloga, Yara Vieira divide o seu tempo sendo especialista em conteúdo web e analisando tudo o que está escrito nas estrelas. Há mais de 5 anos é redatora no Astrocentro e tem como hobbie ler, assistir muitos filmes e explicar o que é Mapa Astral para os amigos.

Especialistas online