Tudo sobre astrologia: O que é Mapa Astral?

O que é Mapa Astral?
Acabe com todas suas dúvidas!

O Mapa Astral é a ferramenta mais importante da Astrologia. É com ele que conseguimos entender a influência dos astros na vida humana. Ele é um compilado de informações sobre a tendência que alguns traços da sua personalidade terão. Entendeu? 

Realmente é algo muito complexo, tanto que o Mapa Astral é dividido em diversas partes para explicar exatamente como vamos agir em cada área da vida. 


O que é Mapa Astral? Entenda!

Na Astrologia, o Mapa Astral é o gráfico do céu no exato momento do seu nascimento. Tendo a noção de como cada Planeta e Casa estavam sendo influenciados pelo signo, é possível obter grandes informações sobre a personalidade da pessoa nascida naquele momento. 

Quando recém-nascida não é algo muito necessário, pois quem terá acesso a essas informações serão os pais. Talvez isso os ajude a entender mais sobre sua personalidade e se adaptar às suas características, mas não é algo muito comum. 

Agora fazer quando adulto é essencial, pois ele ajuda no autoconhecimento. Sem contar que é uma ótima opção para quem busca um direcionamento na carreira, nos relacionamentos e até mesmo na forma da realização dos seus sonhos.


Como funciona o Mapa Astral na Astrologia?

Essa ferramento, o Mapa Astral, tem como função mostrar a influência que todos os astros têm sobre sua vida. Ele é composto por 12 Casas que recebe a influência de um Signo e de um Planeta, como foi explicado anteriormente. Assim, cada um desses campos representa alguma área da sua vida: relacionamento, família, saúde, trabalho e até espiritualidade. 

Por isso que dependendo do horário e do local do seu nascimento, você terá uma influência diferente dos astros. E somente fazendo o seu Mapa Astral você será a noção de todas as ações que os astros são capazes de ter sobre você. 


O Mapa Astral revela muito sobre você, por isso tenha cuidado!

Saber o que é Mapa Astral não é uma tarefa fácil. Isso porque todas as informações que você recebe através dele é algo muito revelador e complexo. Sabendo que ele é uma espécie de retrato que mostra toda a sua personalidade, precisa tratá-lo como algo bem íntimo. 

Pode parecer loucura, mas o Mapa Astral é um forma da Astrologia te ajudar a se entender. Porém outras pessoas também poderão saber como você funciona. Isso pode ajudá-las a te manipularem e conseguir coisas de ti através de suas fraquezas. Por isso é necessário mostrar somente em quem sente confiança para revelar as suas verdades.

Livro: Tudo Sobre Astrologia

Livro grátis "Tudo sobre Astrologia"

Quer entender a fundo Astrologia? Este livro foi feito com todo o carinho e cuidado para que você compreenda todos os aspectos celestes, seus movimentos, casas e nuances.

Neste livro você aprenderá sobre:

  • Casas astrológicas
  • Os planetas e sua influência astrológica
  • Meio do Céu e o Fundo do Céu
  • Os planetas que regem os signos
  • Revolução Solar
  • O temido Retorno de Saturno
  • E MUITO MAIS!

Para baixar o livro, deixe aqui o seu e-mail, nós o enviaremos gratuitamente para você!

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você vai receber o livro em poucos minutos. Por favor, verifique também a sua caixa de spam ou lixo eletrônico 🙂

O que são casas astrológicas?

A Astrologia conta também com 12 Casas astrológicas que possuem uma poderosa influência na nossa vida. 

Elas representam as divisões do céu e nunca mudam de lugar, mas o signo que estiver presente nela no determinado momento do seu nascimento - e que você terá acesso fazendo o seu Mapa Astral -, será o que vai definir o seu significado e o modo como ele intervirá na sua pessoa. 

Assim, os signos que estiverem posicionado em cada uma das suas Casa astrológica são o que definirão a sua maneira de se expressar, de lidar com as consequências dos seus atos e também mostrará como você tomará algumas atitudes. 

Cada um possui o seu próprio posicionamento. Por isso, se o seu Mercúrio estiver posicionado na Casa 1, será diferente do seu amigo que pode ter ele posicionado na Casa 5, entende? Isso funciona com os signos também. Se tiver Gêmeos na Casa 2, será diferente se o outro tiver posicionado na Casa 5. 

É importante também contar que as Casas astrológicas podem ser separadas através de três grupos: Angulares (Casas 1, 4, 7 e 10), Sucedentes (Casas 2, 5, 8 e 11) e Cadentes (3, 6, 9 e 12). Essa divisão é aplicada nas Casas da mesma forma como as expressões dos signos - Cardinal, Fixo e Mutável. 

Para entender melhor sobre Astrologia e as Casas astrológicas, você pode tentar assimilar como a vida. Durante esse período, cada um de nós vivemos o nosso próprio ciclo. Porém todo mundo começa no nascimento, cresce, amadurece e morre. Ok? 

Assim, no começo da vida aprendemos como nos expressar, descobrimos quem somos e esse seria o significado da Casa 1. Depois disso começamos a receber responsabilidades, fazer escolhas, criar um lar, estabelecer uma família, encontrar um amor e coisas da vida, sabe? Dessa maneira vamos vivendo nossa fase até chegarmos no final e finalmente entender a nossa missão na vida, que é basicamente a lição da Casa 12.  

As Casas também seguem as características dos signos, como você pode perceber. A Casa 1 seria a de Áries que traz as expressões, a 2 é a Casa de Touro que fala sobre as suas finanças, a 3 é de Gêmeos que fala sobre comunicação, e assim vai, entendeu?

Claro que cada Casa possui o seu próprio significado e, dependendo do signo que tiver lá, é a sua forma de lidar com essa área específica da sua vida. Complexo, não é mesmo?

Os significados das casas astrológicas

Casa 1: Identidade

Essa Casa na Astrologia é a de Áries e se refere a sua auto-imagem. É ela que definirá sua maneira de lidar com o seu ego e suas vontades pessoais. O signo que estiver nesta Casa será o seu Ascendente no Mapa Astral. O que o tornará responsável pela sua forma de se mostrar ao mundo. Ou seja, representará sua forma física, saúde, personalidade e até seu estilo. 

Casa 2: Riquezas e posses

A segunda Casa astrológica fala sobre a sua maneira de lidar com o dinheiro, bens materiais e a ambição e por isso é a Casa de Touro. O signo que estiver posicionado nela vai te influenciar nas questões que envolvem riquezas materiais. Essa Casa também acaba sendo a responsável por manipular os seus talentos, esforços e vocações para sua vida profissional.

Casa 3: Comunicação e relacionamentos

Sua forma de comunicação e de relacionamentos irão depender da Casa de Gêmeos, a 3. Mas não são relacionamento amorosos e sim familiares como será sua vivência com seus irmãos, amigos e laços desse tipo. Essa Casa também é responsável pela sua inteligência. É aqui que você vai ver a sua maneira de buscar por novos conhecimentos, se aprende rápido, se gosta de estudar, tudo vai depender do signo posicionado aqui.

Casa 4: Família e o lar

Essa Casa astrológica é a de Câncer e por isso a representação é a família. Como é sua maneira de lidar com seus pais? A importância que você dá para o lar? É o signo que está nela que vai definir tudo isso. A sua maneira de ser dentro de casa, como se sentirá e qual será o tipo de família que você sonha. Será importante principalmente para as suas ligações desde a infância.

Casa 5: Criatividade, diversão e romances

A quinta Casa na Astrologia fala sobre amor, prazer, relacionamentos e também da sua criatividade. Essa é a Casa de Leão que mostrará a sua forma de lidar com sua autoestima, sexualidade e até a forma de se divertir. Os seus hobbie e talentos dependerão do signo que estiver posicionado nele. Aliás, até a sua forma de lidar com problemas emocionais e sexuais estarão aqui!

Casa 6: Aperfeiçoamento e superação

A Casa de Virgem é a 6 e é responsável pela sua saúde, bem-estar e trabalho. Essa é a área que vai mostrar como você lida com seu ambiente profissional e o seu crescimento pessoal. Como você se esforça para ser o mais inteligente? O mais estudioso? O mais saudável? Bom, o signo que estiver aqui indicará como você lidará nessa área.

Casa 7: Atração e relação amorosa

A relação tratada na Casa 7 é diferente da Casa 3. Aqui falaremos sobre atração, casamento, amor e a sua forma de lidar com o mundo, coisas mais ligadas ao signo de Libra. A atração da Casa 3 é mais voltada para comunicação, pois têm sua conexão com o signo de Gêmeos. Já essa aqui será a maneira como você vai se socializar com amigos, criar laços com parceiros e interação com colegas de trabalho.

Casa 8: Mudanças e transformações

Diversos tipos de mudanças estão sempre ocorrendo em nossa vida. Assim, a Casa 8 será a responsável pela forma como lidamos com essas novidades e por isso é a Casa de Escorpião. O signo que estiver posicionado aqui será o que vai definir a sua maneira de evolução em relação às transformações que surgirão em sua vida.

Casa 9: Leis, espiritualidades e liberdade

Como você lida com a religião? Suas crenças? A liberdade do seu espírito? Bom, o signo que estiver na Casa 9 vai ditar sua maneira de agir nesta questão. Aqui é onde você vai mostrar o seu interesse pela espiritualidade, filosofia e por isso é a Casa de Sagitário. Dependendo da sua visão de mundo que a nona Casa traz, é possível que ela também seja a razão dos seus sonhos e quem ditará o rumo de sua vida.

Casa 10: Ascensão social e carreira

A décima Casa astrológica representa a nossa maneira de subir na vida, assim como as ambições de Capricórnio. Sabe aquela história de “construir seu império”? Então, essa é a Casa que vai mostrar a sua maneira de batalhar para conseguir isso. O signo que estiver posicionado nela será o responsável pelo seu foco na carreira. Desta maneira, as preocupações com classe social, status, reputação e sonhos dependem na Casa 10.

Casa 11: Novas experiências e possibilidades

Já se perguntou como você lida com as novidades que surgem no seu dia a dia? Pois a Casa 11 é a responsável por essa área e por isso é Casa de Aquário. É ela que influenciará na sua maneira de viver novas possibilidades, seja na amizade, no amor e na profissão. Aqui é a Casa de como você vai agir para fazer essas coisas acontecerem, que mostrará como você toma iniciativa para agarrar as oportunidades e que pode até te mostrar a missão que você veio para realizar nessa vida.

Casa 12: Aprendizado do passado

A Casa 11 te ajuda a entender a missão da sua alma, já a Casa 12 te ensinará a superar os problemas que teve no passado. Essa é como se fosse a Casa do karma, mas não é preciso ter medo. As características do signo que estiver posicionado nela, são as coisas que você veio aprender a desenvolver ou, em outros casos, diminuir. Aqui é uma Casa que vai te ensinar a importância da compaixão, generosidade, humildade e honestidade e por isso é a Casa de Peixes.

test

As Casas Astrológicas e os Planetas

As Casas astrológicas nem sempre estarão ativadas em um Planeta no seu Mapa Astral. Mas o fato de parecer que não tem um Planeta naquele lugar é somente uma ilusão. Isso porque toda Casa é ativada por um signo, e como todo signo é regido por um Planeta, a Casa acaba tendo influência desse Planeta também. Entendeu?  


Os Planetas e sua influência na Astrologia

Os principais astros do nosso sistema solar são os planetas, o Sol e a Lua, mas na Astrologia eles são considerados todos Planetas. É importante entender isso, pois são eles que regem os signos e as nossas áreas pessoais. 

No Mapa Astral eles podem revelar as funções psíquicas de uma pessoas e, junto aos signos posicionados em cada um deles, a forma que se expressarem. Assim, eles se dividem em três partes importantes da vida de um ser humano:

Pessoas

Sociais

Transpessoais

Planetas pessoais e suas características


Os Planetas pessoais são os que te afetam diretamente de forma muito particular. São os mais próximos da Terra e por isso tem mais influência em sua vida.

Sol

Esse é o Planeta que representa a vitalidade, energia, vontade, força e sua auto-imagem. Por isso o signo Solar é o mais forte - e popular - do zodíaco. É o que a gente mais mostra no dia a dia e o que mais nos influencia. O Sol fica aproximadamente 30 dias em cada signo.

Lua

A Lua é a representação do seu lado emocional na Astrologia. A forma como você lida com as amizades e família - principalmente com sua mãe - terá influência da Lua. Esse Planeta também mostra a forma que você busca proteção, segurança e harmonia. Sendo assim uma área mais íntima e inocente da sua vida. A Lua fica aproximadamente 2 dias e meio em cada signo.

Mercúrio

A energia desse Planeta já é mais voltada para o seu lado racional. Essa será a área que influenciará na sua maneira de se relacionar mentalmente, se comunicar, aprender e até memorizar. O signo que estiver posicionado nesse Planeta ditará a sua forma de criar conexões, pensar, se informar e questionar.

Vênus

Ah, o Planeta do amor! Ao contrário da Lua que lida com todas as suas emoções, a Vênus é quem vai guiar as suas relações amorosas. Tudo o que estiver ligado ao prazer sexual, romance e união terá influência desse Planeta.

Marte

O Planeta da ação terá influência em como as pessoas tomam iniciativas. Por isso o signo que estiver posicionado nele será o que guiará sua maneira de ir atrás dos seus sonhos, desejos e, de certa forma, é o que vai mostrar mais suas garras. Isso porque ele também é o que inspirou o seu lado mais agressivo e o defensivo.

Planetas sociais e suas características


Os Planetas sociais são os que possuem influência na Terra de forma geral. Ou seja, é algo sentido por toda a sociedade e não só por você. Isso acontece porque são Planetas mais distantes da Terra e, normalmente, são aqueles atuam em toda a geração daquele ano.

Júpiter

Esse Planeta é o que influenciará na forma de expansão. Seja físico, material, espiritual e até social, Júpiter é que vai descrever a maneira como você lida com as crenças, ideais e até o otimismo. Júpiter fica aproximadamente 1 ano em cada signo.

Saturno

De acordo com a Astrologia, o signo que estiver posicionado em Saturno é o que vai ditar a sua forma de lidar com os limites que vida impõem. Isso porque esse é o Planeta que influencia na sua maneira aceitar as leis, as responsabilidades e os deveres. Saturno fica aproximadamente 2 anos em cada signo.

Planetas transpessoais e suas características


Os Planetas mais afastados da Terra no sistema solar são os que representam os planetas transpessoais. Como eles demoram muito tempo nas suas órbitas, são os que demoram mais para mudar de posicionamento. Assim, eles são os que afetam o ser humano coletivamente por um período mais prolongado na história.

Urano

A forma que irá se renovar depende do Planeta Urano. Ele é quem vai despertar o seu lado mais radical, libertador, revolucionário e rebelde. O signo que estiver posicionado nesse Planeta trará as características de como você agirá em situações de mudanças, rupturas e até o choque. Urano fica aproximadamente 7 anos em cada signo.

Netuno

A maneira como atuamos para desenvolver a espiritualidade será influenciada por Netuno. Porém esse Planeta também o que vai agir para a sua maneira de ilusão, engano e negligência. Netuno fica aproximadamente 14 anos em cada signo.

Plutão

Mostra a forma como você lida com o poder de liderar e transformar. Esse é o Planeta do medo também, principalmente com coisas relacionadas ao fim como a morte. Assim, ele influencia na sua maneira de finalizar as coisas.

Entenda as Dignidades Planetárias na Astrologia

Cada coisa tem seu lugar no mundo. Cada ser humano têm seu lugar no planeta Terra. Cada animal têm seu espaço na natureza. Quando algo ou alguém não está sem lugar certo, é como se faltasse harmonia. Isso acontece porque realmente falta. Por exemplo, um leão na natureza está sempre em seu habitat natural e em conjunto com sua alcateia. Ali, eles se encaixam e vivem em sincronia. Se um deles se afasta do espaço e do bando, se sentiram mais fracos. 

No Astrologia, algumas coisas funcionam da mesma forma. Só que ao invés de ser com os animais e humanos, é com planetas e signos. Nosso sistema solar possui 7 planetas, cada um deles possui seu espaço. Contudo, todos eles vivem em rotação. Portanto, nem sempre se encontram nesse determinado local que pertence ao planeta em questão. No mundo astrológico, chamamos esses locais de "casa". Alguns planetas possuem mais de uma casa. Por exemplo, as casas regidas por Mercúrio são 3 e 6. Sabendo disso, entenda um pouco mais sobre as dignidades planetárias.


O que são Dignidades Planetárias?

A dignidade astrológica é um termo utilizado para explicar a boa energia emanada pelos planetas que se encontram na sua casa pertencente. Um pouco confuso né?! Calma, iremos explicar com mais detalhes. Todos os planetas do sistema solar vivem em constante movimento.

 Essa movimentação cria os posicionamentos planetários que muito nos servem para criar as previsões astrológicas. Tanto porque cada movimento planetário têm um significado quanto porque conforme isso vai acontecendo, os planetas vão emanando energias. Só que ao longo dessa rotação, fica claro que os planetas nem sempre estarão em suas casas pertencentes. Esses posicionamentos positivos recebem nomes, eles são: 

Domicílio

Significa que o planeta está em sua casa pertencente. Ou seja, o planeta está no seu local de origem no sistema solar. Por isso, ele está sem seu auge. Isso faz com que ele emanando as melhores energias possíveis. 

Exaltação

Quer dizer que o planeta está muito próximo de sua casa pertencente. Por conta disso, não está em sua melhor posição mas ainda está confortável. Energias positivas ainda estão sendo enviadas. 

O que são as Debilidades Planetárias?

Seguindo o mesmo raciocínio das dignidades planetárias, encontramos o oposto. Isso significa que são os momentos em que os planetas estão muito afastados de suas casas pertencentes.

Nesse momento, a energia deles fica mais baixa e isso se reflete para com o que eles estão enviando de influência para as pessoas. Esses posicionamentos negativos recebem nomes, eles são:

Queda

Quer dizer que o planeta está afastado da sua casa pertencente. Ali, ele não se sente à vontade e seguro. Então, a energia enviada por eles é similar ao que eles sentem.

Exílio

Significa que o planeta está muito longe da sua casa pertencente, por isso recebe o nome de exílio. Sendo assim, está desconfortável e inseguro. Não conseguindo enviar nada de positivo

Dignidades Planetárias e Debilidades Planetárias são opostos?

Sim. Os nomes escolhidos são para demonstrar esse contrário. O oposto do Domicílio é o Exílio, e o oposto da Exaltação é a Queda. São extremos diferentes que falam sobre o posicionamento próximo ou distante para casa dos planetas. Importante lembrar também que isso cada planeta possui seu próprio domicílio, exílio, exaltação e queda. É algo fixo mas particular de cada planeta.

Toda essa teoria astrológica teve como principal pesquisador e observador o astrônomo grego Cláudio Ptolomeu. Ele deixou alguns artigos científicos sobre essa questão e uma de suas frases ficou muito conhecida por ilustrar esse posicionamento: "A Lua, depois de sua conjunção com o Sol, no seu signo de exaltação (Áries) mostra sua primeira fase e começa a aumentar em luz e assim é tomado Touro como sua exaltação e o signo oposto (Escorpião) como sua depressão". Descubra com exatidão as dignidades e debilidades de cada planeta, veja:

Dignidades Planetárias

Os Eixos na Astrologia

Os Eixos na Astrologia são as divisões no Mapa Astral. É por isso que ele pode ser dividido em quatro ângulos que são conhecidos como quadrantes. Esse ângulos são separados pelo eixo horizontal que é conhecido como Ascendente e Descendente e o eixo vertical que é o Meio do Céu e o Fundo do Céu. Respectivamente essas divisões são as Cúspides (o início das linhas que marcam as Casas astrológicas) das Casa 1, 4, 7 e 10.

Signos Ascendentes e Descendentes

Quando fazemos o Mapa Astral é comum nos depararmos com algumas informações que nunca ouvimos falar. Esse é o caso dos signos Ascendentes e descendentes na Astrologia. Como são informações mais complexas de se conseguir (somente fazendo o cálculo do Mapa para ter o resultado) acabam não sendo tão conhecidos como o signo Solar.

Para acabar com essa dúvida, nós do Astrocentro, trouxemos uma breve explicação sobre o que são esses signos, porquê são importantes e como interpretá-los.


O que é o signo Ascendente?

Já falamos da importância dos signos, Planetas e Casas na Astrologia. Mas ainda faltou uma das informações mais importante do Mapa Astral: o Ascendente.

O signo solar é bastante influente em nossa vida, pois é o que representa a nossa essência. Porém ainda não te apresentamos ao Ascendente, que apesar de citarmos que ele é o que rege a Casa 1, não falamos sobre a relevância desse signo.

O signo Ascendente (AC) é aquele que mostra o seu jeito de ser!

Sabe a maneira como você se posiciona nos acontecimentos da sua vida? Ou a forma que você mostra ser? Isso é tudo influência do signo Ascendente. Assim, dá para entender que ele é basicamente a primeira impressão que você passa. Incluindo até algumas características físicas.

Como sabemos qual o nosso signo Ascendente?

Para saber qual o signo Ascendente é necessário fazer o Mapa Astral, calculando a data, hora e local de nascimento podemos saber qual era o signo que estava posicionado na Casa 1, dando início ao Mapa e sequência as demais Casas. Depois disso podemos analisar quais são os signos que as regem e localizar onde estão os Planetas. Podendo começar uma análise mais complexa sobre a personalidade do indivíduo usando a Astrologia.

A importância do Ascendente

É necessários conhecer o seu signo Ascendente justamente porque ele te ajudar a entender melhor sobre sua personalidade. Como esse signo é a parte que mais transparece em você, principalmente depois dos 28 anos, ele é responsável por alguns desenvolvimentos internos seus como a melhora nas suas relações humanas e até a evolução espiritual.

O que é o signo Descendente?

Enquanto o signo Ascendente é o responsável pelo seu “eu-interior”, simbolizado pela Casa 1, o signo Descendente é o responsável por mostrar a sua forma de se relacionar com o outro que é a missão da Casa 7 na Astrologia. 

O que você espera do próximo? 

Como você lida com as vontades de outras pessoas? 

Qual o seu jeito de se aproximar de pessoas novas? 

Essas perguntas são respondidas pelo seu signo Descendente e ao contrário do lado emocional que é dado pela Lua ou do romântico da Vênus, ele traz a sua forma de relacionamento através do que sente falta em ti. 

Ou seja, ajuda no seu autoconhecimento sobre as características que faltam em você. 

É por conta disso que as pessoas tendem a procurar o seu parceiro ideal com personalidades do seu signo que estiver posicionado na Casa 7.  Assim, de maneira geral, o Descendente é o determinante das suas relações de modo completo na Astrologia. 

Seja no casamento, processos sociais, públicos, amigos e até inimigos. 

É o que acaba nos ajudando a entender quais aspectos precisamos melhorar e a importância de mudar alguns conceitos para que alcançamos a evolução que tanto procuramos alcançar durante o ciclo da vida. 


Como identificamos o signo Descendente?

Assim como o Ascendente, o signo Descendente necessita do Mapa Astral para ser localizado. Ele será o signo que estiver localizado na Casa 7 que é considerada muito importante por representar o seu potencial e as suas capacidades. Juntando ao signo Solar, Lunar e Ascendente, poderão trazer os traços mais fortes de sua personalidade.

Meio do Céu e o Fundo do Céu

O posicionamento do Meio do Céu indica qual o signo estava no meio - no alto - do céu na hora marcada no Mapa Astral. O Fundo do Céu já é o posicionamento oposto a esse. Logo, quando o primeiro representa as características, qualidades e virtudes que uma pessoa tem, o outro já representa os segredos internos que ela possui sobre sua personalidade. 


O que é o Meio do Céu?

O Meio do Céu é a representação da nossa vida social na Astrologia! 

O signo que estiver posicionado nela é a forma como iremos agir a nossa imagem pública, reputação, profissão e até nosso posicionamento na sociedade. É também a maneira como você vai em busca de reconhecimento, fama e até atividades sociais. É por conta disso que ele é associado a nossa maneira de ir atrás dos nosso objetivos, pois é aqui que vemos a nossa forma de agir para alcançar o que tanto almejamos. 

O Meio do Céu é a localização da Casa 10, aquela que representa como somos vistos socialmente e o nosso status pessoal. Considerada também como um norte para descobrirmos qual o nosso caminho para seguir, tanto social quanto profissional. 


O que é o Fundo do Céu?

O Fundo do Céu é a representação da nossa personalidade mais profunda. Aquela que a gente guarda. De acordo com a Astrologia, essa é a forma como nos dedicamos ao nosso lar, nos importamos com nossa família, origem e a vida privada. Esse posicionamento fala sobre o valor da infância, como vai funcionar sua criação e raízes psicológicas. Aquele que irá apontar os seus pontos de caráter devido ao que você aprendeu com a vida. 

Os quadrantes do Mapa Astral

Esses ângulos são muito importantes para entendermos nossa personalidade. Eles são responsáveis por emanarem energia que ditam como somos, ou como gostaríamos de ser. Mostra a nossa forma de agir em relacionamentos, como interagimos e também somos vistos pelas pessoas. Através deles podemos até entender melhor o nosso passado, presente e termos algumas previsões de tendências em relação ao futuro.


Mas como funciona a interação entre os ângulos na Astrologia? 

A interação entre os ângulos definirá se você é uma pessoa mais evidente ou que prefere ser discreta, mostra como será o seu desenvolvimento pessoal, se você se tornará independente ou sempre precisará de algo ou alguém. 

Apesar de parecer, ver isso através dos eixos não é complicado. Basta entender que o eixo vertical - aquele que representa o Meio do Céu e o Fundo do Céu - será a linha que irá separar as partes independentes e dependentes. Dessa forma, o centro da parte independente é o Ascendente, já o lado do Descendente é o centro que exibe a dependência. 

Quando você faz essa divisão no Mapa Astral, é possível dar uma analisado nos quatro quadrante, e aquele que tiver mais planetas é o que poderá definir se você é mais voltado para o público ou privado, se é mais autônomo ou submisso. 

Entendendo isso, agora você precisa prestar atenção no significado de cada quadrante e dos signos e Planetas que se encontram neles. 

É importante lembrar que cada Casa astrológica pertence a um determinado quadrante e isso não vai mudar. O que mudará serão os astros que estão encontrados neles. Assim, os quadrantes também mostram a nossa jornada do nascimento à morte e a forma de nos desenvolver nessas fases. Confira abaixo:

Primeiro quadrante

Independente e Privado

O primeiro quadrante se trata da definição da sua personalidade, seu desenvolvimento pessoal e a consciência de si mesmo. É por conta disso que as Casas 1, 2 e 3 pertencem a esse quadrante, pois são as Casas entre o Ascendente e o Lar.

Se você possuir muitos Planetas posicionados nesse quadrante é possível que seja uma pessoa independente e privada. Isso significa que está sempre fazendo as coisas para benefício próprio, traçando seu caminho podendo até ignorar a opinião dos outros e sem pedir ajudar.

Segundo quadrante

Dependente e Privado

Ele é responsável pela sua expressão pessoal. O modo como você lida na hora de se incluir na sociedade é ditado por aqui. É por isso que as Casas 4, 5 e 6 pertencem a ele, pois são as Casas entre o Lar e o Descendente.

As pessoas que possuírem mais Planetas nesse quadrante serão mais dependentes e privadas. Isso porque o seu foco na vida será conhecer pessoas e torná-las mais próximas e intimas, pois gostam de cuidar do outro. Assim, sua missão será encontrar alguém especial para viver essa jornada junto com eles. 

Terceiro quadrante

Dependente e Público

Este quadrante fala sobre a definição social e a consciência de que existem outras pessoas no mundo. Por isso as Casas 7, 8 e 9 estão nesta parte, pois estão entre o Descendente e o Meio do Céu. 

Se você tiver mais Planetas localizado neste quadrante, isso significa que você é uma pessoa mais dependente e que se importa com os outros. Logo, você será alguém que gosta de fazer amizades, que se importa com o outro e está sempre disposto a trabalhar em equipe. Esse tipo de conexão te trará muito sucesso.

Quarto quadrante

Independente e Público

O quarto quadrante é sobre a sua expressão social e o seu modo de integrar na sociedade. As Casas 10, 11 e 12 estão nesse quadrante e é a representação de uma pessoa que tende a ser independente e pública. Ou seja, ela prefere trabalhar sozinha, viver em ambientes impessoais, daqueles que gostam de se dedicar a uma carreira individual. 

Porém eles gostam de serem reconhecidos por isso e mostrar ao mundo o seu sucesso. Gostam de interagir com o coletivo e se preocupa em ensinar a sociedade.

Os signos opostos complementares

Os opostos complementares são signos que estão exatamente do outro lado do Mapa Astrológico. Mas apesar de estarem em lados diferentes, eles possuem características que se completam. Basicamente o que um tem o outro não. Assim, quando ambos se juntam, são capazes de formarem um par perfeito.

Esse tipo de análise é muito usada para falarmos sobre amor. Isso porque unir esses dois signos que são opostos tendem a trazer um crescimento e aprendizado para ambos com muita sintonia.

Confira qual o seu oposto complementar na Astrologia e viva um romance certeiro!

O Ascendente e o Descendente, assim como o Meio do Céu e o Fundo do Céu são opostos complementares. Desta maneira, sempre que você souber qual é o seu Ascendente, já pode deduzir qual o seu Descendente, e a mesma coisa com o Meio e o Fundo do Céu.

O famoso Retorno de Saturno

Se você é daqueles que gosta muito de Astrologia, com certeza já deve ter ouvido falar sobre o Retorno de Saturno! 

Essa é uma fase muito conhecida por ser o momento no qual alcançamos a nossa maturidade. É bastante citada em músicas, poemas e filmes. Um dos exemplos mais populares que podemos citar é a canção "Vinte E Nove" da banda brasileira Legião Urbana em que o refrão diz: 

"E aos vinte e nove com o Retorno de Saturno decidi começar a viver!"

Mas apesar dessa sua popularidade, muitas pessoas não sabem realmente qual o significado do Retorno de Saturno, sua importância e influência na vida. Confira a seguir a explicação sobre esse evento astrológico tão necessário e essencial para a nossa história! 


O que é o Retorno de Saturno?

Enquanto a Terra demora em torno de 365 dias para dar uma volta completa no Sol, Saturno já demora 29 anos. Assim, o Retorno de Saturno é o momento em que o Planeta está voltando para o seu ponto de “origem”. Na Astrologia, esse acontecimento é muito importante, pois representa o primeiro ano de vida de uma pessoa. 

Parece uma história bem confusa, mas só parece!

Para começar vamos lembrar que Saturno é conhecido por ser o Planeta do limite. Quando ele finalmente volta para o seu ponto inicial, é porque ele já absorveu muitos conhecimentos, conheceu suas próprias limitações e quando a pessoa chega nessa idade, é o momento no qual ela mais conhece sobre si mesma. 

Tornando assim, esse momento no qual ela tenha a sua primeira chance de mostrar a sua evolução pessoal, na qual ela conseguiu aprender com seus erros e tentar uma nova fase da vida de sucesso.  

O Retorno de Saturno é muito conhecido por trazer muitas transformações e mudanças na vida das pessoas. Algumas, se tiverem o signo Ascendente de um elemento diferente do Solar, podem até apresentar características mais fortes do Ascendente. Principalmente em sua maneira de agir em determinadas situações. Porém, só podemos determinar a influência dessas oscilações com uma boa análise do Mapa Astral.

A influência do Retorno de Saturno na nossa vida

Na Astrologia, o retorno de Saturno significa o momento em que as pessoas alcançam o seu primeiro grau de maturidade. Ocorre por volta dos 29 anos na vida de uma pessoa, mas pode ser considerada entre os 28 aos 30 anos. Essa é aquela fase na qual a pessoa já tem mais noção sobre os seus limites, suas escolhas e como elas influenciam no seu futuro.

É por conta disso que o retorno de Saturno representa o período mais ajuizado da vida de uma pessoa. Esse é o momento em que nós deixamos para trás os assuntos e sentimentos supérfluos. Passamos a entender melhor a nossa existência, o objetivo dela e dando valor mais a vida. Assim, naturalmente, começamos a nos desenvolver e evoluir.

Faz parte dessa fase deixar alguns amigos, hábitos e paixões para trás. Depois do retorno de Saturno, só mantemos em nossa vida aquilo que tem funcionalidade e que nos ajuda a ir atrás dos nossos sonhos e metas. 


Porém algumas pessoas não aceitam isso tão bem…

Existe muita gente mimada nesse mundo. Algumas, durante todo esse tempo, nunca precisou ter compromisso com nada. Só que de acordo com a Astrologia não dá para escapar desse período de responsabilidade da vida, e é com o retorno de Saturno que ela chega.

Assim, quem não foi preparado durante esse tempo para assumir suas obrigações, acabam sofrendo demais nesse período. Afinal, é um choque descobrir que não é mais criança, não é mesmo?

Outras pessoas que também podem se sentir mal nesse período são aquelas que estão acostumadas com relacionamentos tóxicos. Tudo porque o retorno de Saturno obriga a gente a se livrar de coisas e pessoas que não nos agregam em nada. Dessa maneira, descobrir que aquelas pessoas que mais amamos são pessoas que não agregam em nada na nossa história, acaba sendo um espanto. Por isso o retorno de Saturno pode parecer muito assustador!

Se ver na posição de ter de encontrar outros amigos, amores e vida social parece ser aterrorizante nesta altura do campeonato, não é mesmo? Mas precisamos lembrar que é necessário. É importante crescer, evoluir, amadurecer e saindo de um ambiente no qual você nunca conseguirá progredir vai só te trazer felicidade, mesmo que no começo pareça que não. 


Já outras pessoas aceitam muito bem...

Na Astrologia o retorno de Saturno pode ser considerado sim uma fase de muita felicidade. Isso porque as pessoas que estão prontas para esse momento, almejam bastante pela transformação que ocorre nesse período. Assim, é o momento em que ela consegue grandes realizações, as recompensas por seus esforços durante todos esses anos e que começa a enxergar a sua vida da maneira como sempre sonhou.

A famosa Revolução Solar

A Terra demora em torno de 365 dias para fazer uma volta completa no Sol, certo? Isso é algo que aprendemos desde criança nas aulas de geografia. Na Astrologia, essa volta completa se chama a revolução Solar. Só que ao contrário de ser contada no início do ano, como 1 de janeiro, essa volta é contada do exato momento do seu nascimento.

Assim, quando você faz o seu Mapa Astral, com as informações do dia, horário e local, é dado o grau do Sol no momento do seu nascimento. No ano seguinte, quando o Sol alcançar esse mesmo grau, ocorrerá a sua primeira revolução Solar.

Não falamos abertamente que é o seu aniversário, pois a revolução Solar acontece exatamente no mesmo grau e minuto que você nasceu. E como o ano não é exatamente contado com as horas e dias corretos, e sim uma base que o ser humano criou para que consigamos marcar o tempo das coisas, ele não é exatamente o dia que se comemora todos os anos o seu aniversário. 


A influência da revolução Solar 

Entendendo o que é essa revolução Solar, está na hora de aprendermos a usá-la a nosso favor, certo?

Como a revolução significa uma renovação de energia em nossa vida, o ideal é fazer com que ela se torne um guia anual. Dessa maneira podemos analisar os acontecimentos que estão por vir e se preparar para o que iremos enfrentar. É como se fosse um Mapa Astral Anual e sabendo quais serão as novidades do ano, é possível que nos organizemos para os novos desafios nos dando uma vantagem de usar a Astrologia.

Gostou deste texto e quer saber ainda mais sobre o tema?

Não perca nossos outros textos sobre:

Agora que você já conhece os princípios básicos de como um Mapa Astral funciona e influencia a sua vida, que tal se aprofundar com um dos cursos do Astrocentro?

Interpretando o seu Mapa Astral: neste curso online, Brendan Orin, que é Sacerdote Wiccaniano e estudante das artes ocultas desde 2002, ensina o passo a passo que todo mundo deveria saber sobre Astrologia para poder se conhecer melhor através de seu mapa astral e também para comentar e compreender o que os editais e previsões zodiacais publicam.

É um curso bastante prático, rápido e com um investimento bem camarada: apenas R$ 29,90, em até 2x. Aproveite!

Astrologia Completa com Otávio Leal, famoso astrólogo e terapeuta holístico, leva os alunos por uma jornada de autoconhecimento para que aconteça o encontro entre o saber e a prática.

Com este curso você será capaz de não somente compreender os astros, mas também de dar os seus primeiros passos em direção a um estágio profissional. Para quem deseja trabalhar com Astrologia no futuro, esse é um ótimo começo.

Confira também nosso canal no Youtube, onde mensalmente publicamos um horóscopo feito pela querida Astróloga Serena Salgado.

Para não perder nenhum vídeo, assine o nosso canal e ative as notificações.

Fique por dentro

Saiba de todas as nossas novidades através das redes sociais:

tarot vidas passadas

Descubra se é possível revelar suas vidas passadas no Tarot!

Quer saber se é realmente possível entender as suas vidas passadas no ... Leia Mais

recuperar a alegria de viver

Dicas de como recuperar a alegria de viver

Recuperar a alegria de viver é extremamente necessário. A alegria é uma ... Leia Mais

regressão a vidas passadas

Saiba tudo sobre regressão a vidas passadas!

Envolto em mitos, histórias fantásticas e muita curiosidade, a regressão a vidas ... Leia Mais

tipos de reencarnação

Diferencie 3 tipos de reencarnação: missão, prova e expiação

Você já parou pra pensar que existem diferentes tipos de reencarnação? Enquanto ... Leia Mais

cansaço-espiritual

Sintomas do cansaço espiritual

O cansaço espiritual começa assim: você faz 19.000 coisas diferentes durante o ... Leia Mais

Quantas reencarnações temos?

Você sabe quantas reencarnações temos?

Muitas vertentes religiosas acreditam que não temos uma única vida. Ou seja, ... Leia Mais