Como surgiu o Dia do Anjo da Guarda e o que fazer para celebrá-lo?

Cada um de nós tem um anjo da guarda exclusivo e feito para você. Sua função é proteger, iluminar os caminhos e ajudar nos momentos difíceis durante toda a vida.

A palavra anjo significa “mensageiro divino” e, por serem seres elevados, agindo como verdadeiros guias espirituais, segundo a visão espírita, foi criado o Dia do Anjo da Guarda – 02 de outubro – como forma de prestigiá-los e reunir orações a eles.

Início da celebração do Dia do Anjo da Guarda

A data comemorativa foi criada no ano 400 (séc. V) e é, para a igreja católica, um dia muito especial, uma vez que o catolicismo acredita veemente na ação e na importância dos anjos da guarda. Durante os anos, a celebração se propagou por toda a Europa, até que, em 1670, 02 de outubro tornou-se o Dia Oficial do Anjo da Guarda, com o consentimento do Papa Clemente X e a universalização pelo Papa Paulo V.

É muito importante que cada um de nós faça nossa parte nesta data, prestigiando, de alguma forma, nosso anjo da guarda. Portanto, se você não tem costume de ir à igreja, para conectar-se com seu anjo e dedicar o dia a ele, reserve alguns minutos do seu dia e acenda uma vela para o seu anjo da guarda. Este contato é muito importante, não só nesta data, mas especialmente nela.

Compartilhe nas redes sociais

Avatar
Yara
Trabalhando como jornalista e astróloga, Yara Vieira, divide o seu tempo sendo especialista em conteúdo web e analisando tudo o que está escrito nas estrelas. Há mais de 5 anos é redatora no Astrocentro e tem como hobbie ler, assistir muitos filmes e explicar o que é Mapa Astral para os amigos.

Especialistas online