O amor em vidas passadas, a reencarnação e as almas gêmeas

Para entender com abrangência o conceito de amor em vidas passadas, é preciso compreender a concepção de palingenesia, que pode ser traduzida como retorno eterno, renovação ou renascimento.

Esta teoria nasceu na Grécia antiga, muito antes do surgimento da doutrina espírita, e defende, dentre outras coisas, que um amor não se constrói com base em simples semelhanças de personalidades e interesses, mas que é resultante de um processo lento e contínuo, ao longo de inúmeras existências nas quais duas almas gêmeas conviveram bastante.

Nestas vivências conjuntas, as pessoas foram passando por várias circunstâncias e dificuldades, enfrentando desafios e superando adversidades, e, desta forma, se unindo cada vez mais.

O amor de vidas passadas é constituído por laços afetivos extremamente fortes, um sentimento verdadeiro e caracterizado por uma identificação ímpar com a outra pessoa, que vai além do mundo físico.

Por que não nos lembramos de outras vidas? O que trazemos de existências passadas? Entenda melhor as noções de reencarnação e equilíbrio espiritual.

Nada acontece por acaso e um grande amor de vidas passadas sempre aparecerá no momento mais oportuno

É fato que a maioria das pessoas passa boa parte de suas vidas procurando por suas respectivas almas gêmeas e idealizando um relacionamento feliz e duradouro. Esta busca advém justamente do fato de terem vivido um grande amor de vidas passadas e desejarem reviver esta relação na atual encarnação.

Mas não é possível garantir se este intento será realizado na vida atual ou em futuras. Na verdade, a maior parte das pessoas vivencia várias encarnações buscando por suas almas gêmeas, e tudo tem sua hora certa e seu momento mais oportuno para acontecer.

Mas aí fica a pergunta: Como descobrir e reconhecer se alguém que gostamos muito na atual encarnação é um amor de vidas passadas?

A resposta é, ao mesmo tempo, simples e complexa. Para exemplificar: quando se ama alguém de forma verdadeira em um curto espaço de tempo, de modo que fica difícil compreender ou explicar o sentimento inesperado, é um forte indício de que você e esta pessoa já viveram uma história de amor em vidas passadas.

E este é o verdadeiro amor, aquele que está no âmago de nossa alma e que não poderia ser desperto em apenas uma vida, mas cultivado gradualmente em várias.

O carma também é conhecido como justiça celestial: todo bem ou mal que fizermos em uma vida nos trará consequências boas ou más em vidas futuras.

Compartilhe nas redes sociais

Yara
Trabalhando como jornalista e astróloga, Yara Vieira, divide o seu tempo sendo especialista em conteúdo web e analisando tudo o que está escrito nas estrelas. Há mais de 5 anos é redatora no Astrocentro e tem como hobbie ler, assistir muitos filmes e explicar o que é Mapa Astral para os amigos.

Especialistas online

Esotérico Online: Leda D´Ambrosio

Leda D´Ambrosio

Tarot Baralho Cigano Vidência

88% Avaliações Positivas

310 Consultas

R$30 por 15min

CONSULTAR AGORA
Esotérico Online: Terapeuta Holística Rousse Claire

Terapeuta Holística Rousse Claire

terapeuta

100% Avaliações Positivas

164 Consultas

R$30 por 15min

CONSULTAR AGORA
Esotérico Online: Agnes Taróloga

Agnes Taróloga

Tarologa

99% Avaliações Positivas

3048 Consultas

R$30 por 15min

CONSULTAR AGORA
Esotérico Online: Pai Edson D

Pai Edson D'Osun

Babalorixá

95% Avaliações Positivas

1097 Consultas

R$30 por 15min

CONSULTAR AGORA

Comentários

  • Ola, Meu nome é Hillary tenho 17 anos, me ajuda a entender minha situação por favor ? Eu conheci um menino através de um amigo esse meu amigo trabalhava no mesmo local que ele, no dia em que fomos apresentados não queria ficar com ele mas de ultimo momento acabei aceitando, para mim foi normal como qualquer outro beijo, conversamos bastante e depois ficamos conversando por mensagem também, mas eu tinha acabado de terminar um relacionamento de 2 anos 6 meses o qual me fez sofrer bastante e a ultima coisa que eu queria era se apaixonar, com o tempo fomos se afastando por que ele se envolveu com uma menina do trabalho e estava gostando dela, como só tínhamos ficado uma vez eu não tinha sentimento algum por ele e segui minha vida e ele a dele. O meu momento de ser feliz tinha chegado finalmente ficava com vários não tinha sentimentos,eu simplesmente fiquei fria por dentro e eu tava gostando. Eu e ele se encontrava frequentemente em roles e como eu disse eu nem ligava, ele tentava ficar comigo e eu sentia vontade mas não ficava. Em um role ele tentou ficar comigo e eu senti muita vontade mas não fiquei por que estava com outra pessoa no mesmo local, daquele dia em diante comecei a pensar muito nele mas não era como se gostasse dele era uma vontade imensa de ficar com ele até por que eu tinha vários outros esquemas e tava feliz da vida.
    Até que em um role aleatória se encontramos na multidão e eu tava muito bebada e na hora de ir embora ele levou eu e minhas amigas em casa, ele levou tambem alguns amigos dele e tinha sobrado só eu e minha irmã e eu não sabia onde ele morava quando ele foi me levar ele virou uma rua e entrou na garagem dele e eu sai do carro e ja fui entrando na casa dele com uma intimidade imensa, só que o que me intriga é que eu me conheço e nunca faria isso por mais bebada que estivesse nem chegaria a ir pra casa dele e não sou de ter essa intimidade com as pessoas que pouco converso. Deitei na cama e começamos a se beijar ele tava pedindo mas eu não queria fazer nada de mais ficamos vários minutos ate que começamos a fazer sexo( ate o momento eu lembro) no momento do ato eu lembro por partes mas eu posso dizer que nunca tive tanta conexão com uma pessoa igual tive com ele, a pele dele me arrepiava todinha. No outro dia fui para casa e daquele dia em diante não parei mais de pensas nele mais como eu falei não queria relacionamento com ninguém e estava bem. Paramos de se falar por mais ou menos 1 mes e depois voltamos a conversar por mensagem ele me chamou pra ir ver ele e eu fui, borboletas no estômago, o abraço dele parecia de saudade ,não saia de cima de mim só queria ficar agarrado, fizemos sexo e não foi igual da primeira vez na verdade não foi bom mas a sensação era maravilhosa a pele dele é diferente sei la. Após isso paramos de se falar nos falamos só o básico eu como sou orgulhosa não to nem ai mas não consigo para de pensar nele e o pior é que não tem explicação da saudade por que não é uma pessoa que vivi momentos foram só 1 encontro normal. Ele trabalha no mercado que por ironia é o mais baratinho da regiao kk e toda vez que vou la fico suando e com um nervosismo enorme e olha não sei se é coisa da minha cabaça mas eu sinto um olhar diferente nele quando me olha e também sinto sdd na maneira de falar. Me ajuda eu sinto muita saudade da menina que eu era “nem ai pra ninguém ” mas gosto dele de verdade e não consigo esquecer ele jamais to desesperada ja .

    • Oi, Hillary.

      Essas suas questões são muito específicas e, infelizmente, não conseguimos responder aqui pelo blog. O ideal é que você realize uma consulta com algum especialista – https://astrocentro.com.br/consultas-1270 – e receba ajuda desse profissional para acabar com suas dúvidas, ok?
      Espero ter ajudado, beijos!

  • Oi, eu me chamo Raquel, tenho 18 anos e vim aqui para fazer uma pergunta, mas primeiro vou tentar resumir minha historia.
    Quando eu era pequena eu sentia que eu já havia vivido vidas passadas mesmo sem saber o que era religião ou algo do tipo, mas por conta da minha família eu fui para a igreja católica.Com 6 anos meu pai faleceu e minha mãe se casou novamente, esse novo marido me molestou e eu fui para em uma casa para crianças e adolescentes, eu fui morar em um lar que tinha como religião o espiritismo e de cara eu me identifiquei, mas eu nunca fiquei pois eu tinha a influência de amigos e de familiares, no meio disso tudo eu conheci um garoto que morava com a gente nesse lar, mas eu nunca reparei nele pois eu era muito pequena e por traumas eu não me importei com ele, anos se passaram e eu conheci um homem de 21 anos, na época ele tinha 18, me apeguei muito a ele, eu sentia que eu o amava, mas eu não me sentia completa e nem feliz, então esse menino que morou comigo por alguns anos voltou para um abrigo que eu estava. eu me apaixonei por ele, ele sempre me fala que me ama mas eu não consigo dizer isso por medo. Eu me sinto completa com ele, larguei esse homem de 21 para poder começar uma história com ele, eu sinto que já o conheço, mas não somente pela nossa historia dessa vida. sinto que vivemos juntos em outras vidas também… o destino já tentou nos juntar varias vezes, um exemplo disse é que a mãe adotiva dele já quis adotar nós dois, mas eu não quis na época pois eu queria ficar com a minha mãe biológica … e ai lá vai a pergunta…. Como eu posso saber se ele é a minha alma gêmea? Como saber se o que sentimos um pelo outro é amor de outras vidas?

    • Oi, Raquel.

      Essas suas questões são muito específicas e, infelizmente, não conseguimos responder aqui pelo blog. O ideal é que você realize uma consulta com algum especialista – https://astrocentro.com.br/consultas-1270 – e receba ajuda desse profissional para acabar com suas dúvidas, ok?
      Espero ter ajudado, beijos!

  • Boa noite, preciso de ajuda para entender o que estou passando. Vou resumir a história, pode me chamar de Lene, eu tenho 32 anos sou casada há dois anos. Tudo começou quando fui a um churrasco e conheci meu marido ligo que o vi fiquei louca achei ele lindo já queria ele. Bom conversamos bastante e eu beijei ele, trocamos telefone ficamos nos falando uns dois mais nesse dois dias não contei que respondia um processo por homicídio, fui a jure popular nesse segundo dia, fui condenada a 12 anos de prisão. Bom eu matei meu ex pq ele tentou me matar resumindo esse fato triste. Aí quando cheguei em casa peguei o celular e mandei mensagem para um monte de homens revolta pela condena pensei já que vou presa vou transar com o primeiro que responder kkkk estava louca. Ele respondeu primeiro aí marcamos de nos encontrar ficamos e aí tudo aconteceu parecia que sempre tinha esperado por ele a vida toda foi tudo de bom incrível. Depois desse dia nunca mais nos largamos começamos a namorar no dia 9 de fevereiro no dia 19 de março estávamos casados oficialmente. Bom ele já sabia de tudo e falou que estaria ao meu lado. So que bebiamos muito e as brigadas começou não sei mais sempre que tinha bebida tinha briga, até que um dia ele me agrediu 😢. Fiquei extremamente triste, parecia o meu ex que matei me eu via ele aquele medo aquela ameaça tinha voltado. Bom saí de casa e dei parte dele. Dois dias depois voltamos, mais não era a mesma coisa tudo começou a desandar, eu entrei num buraco negro, comecei a usar cocaína e as brigas só aumentava. Ai ele descobriu tudo ficou ainda mais estremesido. Quando brigamos no fim de ano, decidimos nos separa só que aí a grande notícia, grávida sim eu estava grávida depois de tantos anos tentando estava grávida. Tentamos novamente por conta do bebê. Mais aí ele começou a beber e chegar tarde dando nojo, quando a neném nasceu nada mudou mais bebida e brigas, saiu meu mandato de prisão minha neném tinha três meses 😭. Ele pediu o divórcio estou presa brigamos muito ainda parece que ele me odeia e as vezes não ele fala que me ama mais não me perdoa por ter usado drogas. Ele me ajuda muito aqui mais está muito afastado tem dias que ele me humilha de mais eu não sei 0q amo essa pessoa desse jeito. Ele e um pai perfeito eu quero a minha família de volta, era o que eu sempre sonhei pq parece que existe algo que nos afasta. Será que e algum carma de outra vida. Tinha tudo que sonhei mais a droga e a bebida nos afastou 😥 . Me ajude a entender isso, não me julgue sou uma mãe, mulher desesperada por respostas.

    • Oie, Lener.

      Em primeiro lugar, fique tranquila que ninguém está aqui para te julgar. Você está vivendo uma situação muito difícil. Por mais que sinta falta dele, a melhor coisa agora seria seguir em frente e esquece-lo. Ele nunca vai deixar de ser o pai da sua filha mas pode não ser seu par perfeito. Vocês já estão em uma relação tóxica que pode piorar para os dois. Cumpra sua pena e depois tente reconstruir sua vida sozinha.
      udado
      Espero ter ajudado, beijos.

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *