3 tipos de autossabotagem: livre-se desse vício e seja feliz

tipos de autossabotagem

Alguma vez, você já duvidou do próprio potencial? Se sim, você definitivamente precisa conhecer os tipos de autossabotagem. E, principalmente, conferir 5 dicas para não repetir esse vício. Com isso, você pode se libertar de uma bagagem pesada, para ser muito mais feliz!

Em geral, as pessoas não se sabotam de forma consciente. Contudo, isso pode atrapalhar em muitas esferas: relacionamento, trabalho, amizades, estudos, finanças etc. Por isso, é fundamental romper esse ciclo vicioso e perceber que você merece ter uma vida plena.

Logo, vamos te ajudar a identificar os tipos de autossabotagem para deixar tudo isso no passado. E, por falar nisso, que tal começar com um aprendizado sobre a importância de perdoar o passado? Para tal, assista esse vídeo especialmente feito pelo DonJulio. 

Identifique 3 tipos de autossabotagem (e livre-se do vício)

Se você chegou até aqui, isso significa que você quer se libertar daquilo que não agrega, certo? E, da nossa parte, temos a grata satisfação de te ajudar na sua jornada de evolução. Portanto, vamos pensar em uma questão primordial: como funciona o autoboicote?

Esse “mecanismo” de defesa que acontece de maneira inconsciente, incluindo:

  • sensação de não ser boa (ou bom) o suficiente;
  • traumas de infância, ligados à rejeição da família;
  • hábito de se comparar com as outras pessoas;
  • não se achar digno de ter um relacionamento saudável;
  • medo de sair da zona de conforto e encarar novas realidades;
  • e assim por diante. 

Pensando nisso, listamos 3 tipos de autossabotagem para que você identifique o que te incomoda. Afinal, esse é o primeiro passo para quebrar um padrão negativo e que te coloca pra baixo. 

1. Autossabotagem no relacionamento afetivo

Muitas vezes, uma pessoa aceita um relacionamento tóxico por achar que não merece nada melhor. Justamente por isso, é essencial se questionar:

  • o que eu realmente espero de um relacionamento?
  • eu me vejo junto com essa pessoa nos próximos anos?
  • por que os meus projetos de vida não são levados em conta?
  • como eu me sentiria se tivesse alguém que me apoiasse de verdade?

Enfim, essas são algumas questões para refletir se você está em uma relação saudável. Ou, talvez, se chegou a hora de buscar um novo amor. Mas lembre-se de colocar na balança os prós e contras, além de investir no diálogo.  

2. Autoboicote no ambiente profissional

Por acaso, você já ouviu falar na síndrome do impostor? De modo geral, trata-se de alguém que pensa ser uma fraude no trabalho. Nesse sentido, vale considerar:

  • por que você acha que não seria competente para uma determinada função?
  • você tem o hábito de comparar as suas habilidades com as de outros colegas?
  • no seu ponto de vista, o plano de carreira conta com mais sorte do que mérito?
  • as tarefas ficam se acumulando cada vez mais, devido ao seu medo de errar? 

A boa notícia é: podemos superar a síndrome do impostor, sim. E o melhor: você não precisa fazer tudo sozinha, pois pode recorrer às terapias alternativas e convencionais.

3. Autossabotagem entre as amizades

Entre amigos e amigas, também pode acontecer o autoboicote. Isso porque algumas pessoas tendem a colocar os sentimentos das outras em primeiro lugar. Por exemplo:

  • quando vocês marcam um passeio, a outra pessoa sempre escolhe o lugar?
  • é você que está lá para apoiar a amiga ou o amigo (e nunca o contrário)?
  • se você não está se sentindo bem, seus amigos reparam nisso?
  • existe uma competição velada para descobrir quem se destaca?

Por fim, pense em quais amigos e amigas você quer ter por perto. No fim das contas, seus sentimentos importam, sim! 

Aliás, vale lembrar que esses 3 tipos de autossabotagem não são os únicos, ok? Sendo assim, fique à vontade para adaptar os conceitos para outras situações, como nos estudos.

A propósito, continue com a gente e confira algumas dicas para se livrar desse peso todo! 

5 dicas para se libertar dos diferentes tipos de autossabotagem

Seja qual for o tipo de autossabotagem, essas são 5 dicas que contribuem para superar um hábito que te prejudica. 

1. Comece se libertando da culpa

O complexo de culpa é um dos principais fatores que levam ao autoboicote. Por sinal, isso gera uma avalanche de pensamentos e energias negativas. E, para romper o ciclo vicioso, comece com um exercício de centralização, conforme a recomendação do Lord A.

2. Crie metas de curto, médio e longo prazo

O ideal é ter objetivos claros sobre o que você quer para o futuro (e trabalhar para isso acontecer). Assim, você tem uma visão ampla dos próximos passos para conquistar aquilo que deseja. Mas lembre-se de traçar metas realizáveis, de acordo com a sua possibilidade no momento.  

3. Não tenha medo de errar, nem de tentar de novo

Quem nunca errou, que atire a primeira pedra. Nesse ponto, é vital entender que todos nós  ensinamos e aprendemos. E, inclusive, podemos aprender com erros, a fim de melhorar em qualquer aspecto da vida. Dessa maneira, faça o seu melhor e, se precisar, peça ajuda de outra pessoa.   

4. Tente não procrastinar, em quaisquer situações

Se você costuma adiar tarefas importantes, saiba que isso é comum entre os tipos de autossabotagem. Então, para eliminar a procrastinação, comece a planejar as atividades e priorizar o que é mais relevante. Além disso, dê a si mesma pequenas “recompensas” por cada conquista.

5. Evite as comparações com outras pessoas

Você costuma se comparar com qualquer outra pessoa, em aspectos físicos ou ainda em habilidades? Se sim, a sua tendência foi começar pensando nas qualidades dela? E, do seu lado, você só olhou para os próprios pontos de melhoria? 

Em vista disso, o ponto principal é olhar mais para si própria e para o seu potencial. Ao invés de pensar que a grama do vizinho é mais verde, cultive seu jardim para atrair as borboletas.    

E então, o que achou das dicas para superar os tipos de autossabotagem? Para finalizar, a dica de ouro é: você não precisa ser autossuficiente. Afinal, os especialistas do Astrocentro estão aqui para te orientar e te acolher. Por exemplo, com as consultas e, ainda, com os conteúdos do Blog:

Compartilhe nas redes sociais

Candida Thomazelli
Candida Thomazelli projeta prédios e sonhos, escreve sobre magia e como deixar a vida leve. Cozinha coisas gostosas, deita no quintal para ver estrelas e, quando tem sorte, vê um ou outro satélite, mas pensa que é estrela cadente. Vive a magia da natureza e se encanta com cada amanhecer. Frui vita!

Especialistas online

Esotérico Online: Mãe Ieda Paula

Mãe Ieda Paula

tarologa E jogo de buzios

98% Avaliações Positivas

3768 Consultas

R$30 por 15min.

CONSULTAR AGORA
Esotérico Online: Místico Rhuan Fran

Místico Rhuan Fran

Coach Espiritual

98% Avaliações Positivas

4420 Consultas

R$30 por 15min.

CONSULTAR AGORA
Esotérico Online: Sabrina Mystica

Sabrina Mystica

Tarologa

94% Avaliações Positivas

1353 Consultas

R$30 por 15min.

CONSULTAR AGORA
Esotérico Online: Sonia Espiritualista

Sonia Espiritualista

Terapeuta Holística e Oraculista

95% Avaliações Positivas

1644 Consultas

R$30 por 15min.

CONSULTAR AGORA