A numerologia no amor pode explicar o tipo de pessoa que você atrai?

numerologia no amor
4.289

Viver um grande e verdadeiro amor é um dos maiores desejos dos seres humanos. É por isso que estamos sempre em busca de um relacionamento capaz de suprir a necessidade que sentimos. Mas nem sempre atraímos a pessoa certa para isso, não é mesmo? Quer saber como a Numerologia no Amor pode explicar isso?

Se sim, você veio ao lugar certo!

O tarólogo do Astrocentro, Martin de Ogum, respondeu sobre como a Numerologia no Amor pode te ajudar a entender essa tendência de personalidades que você atrai para a sua vida. Quer mais? Então confira abaixo:

Numerologia no Amor e as pessoas que você atrai

Não é de hoje que muitas pessoas buscam as respostas de suas questões nos astros, nas cores, nos elementos da natureza e por que não, nos números também.

A numerologia, por alguns tido como um estudo do filósofo grego Pitágoras, por outros uma ciência tão antiga quanto a própria humanidade, é uma das maneiras que utilizamos para desvendar algumas questões importantes na forma de vida humana. Afinal, chegamos a este plano sem um manual de instruções, sem um guia de bordo que irá indicar por qual caminho ou qual escolhas devemos seguir.

Os números seriam como os indicadores do caminho das pedras, qual passo é mais seguro a dar que outros, a partir deles, conseguimos entender alguns funcionamentos da nossa personalidade, das nossas características e principalmente, daquilo que nós acabamos por tornar cíclico em nossa vida.

Um mapa numerológico possui três números principais:

  • O número Destino, que determina aquilo que nos move internamente;
  • O número de Expressão que determina como tratamos o mundo ao nosso redor;
  • O número de Impressão que determina como nos tratamos.

Os demais números vão revelar aquilo que devemos cuidar e equilibrar em nossos percursos.

A pergunta que quero discorrer neste texto é: “Pode a numerologia explicar o tipo de pessoa que eu atraio?”

Em primeiro lugar é muito importante sabermos que a função de qualquer oráculo ou estudo é como uma bússola: Os ponteiros apontam a direção das polaridades, mas a bússola em si, não enxerga de fato quais determinados aspectos, ângulos, inclinações mutáveis o caminho pode ter. Isso depende muito do quanto se está disposto a viver, aprender com o que viveu e transformar.

Dito isso: A numerologia consegue identificar quais aspectos essenciais existem no seu traço pessoal. De que maneira seus olhos primordialmente enxergam determinados aspectos da vida. Isso diz respeito ao ponto de partida de seus desejos, mas não exatamente do que você deseja no tempo do agora.

Por vezes esbarramos com vivências que nos trazem determinados tipos de sensações, e como uma criança que experimenta um sorvete de chocolate pela primeira vez, sua vontade de tomar um pote inteiro é muito maior do que experimentar outros sabores.

Um estudo numerológico pode te mostrar por exemplo que de fato, essencialmente você pode querer consumir como fogo determinados tipos de sensações, mas ele não comporta a base do “querer” que é desenvolvido pela sua experiência com a vida, pelo seu determinante racional e pelos valores que você decide acoplar a sua vida.

Assim como algumas pessoas numerologicamente possuem traços ligados à ancestralidade espiritual, por vezes passam anos sem sentir ou se responsabilizar por uma vida espiritualizada, ou ter alguma crença religiosa em sua vida.

A Numerologia pode ser um guia pessoal para não se perder, mas ele jamais irá interferir ou ordenar por qual caminho você deve seguir, ele não é uma sentença, como nenhum outro oráculo é, e no amor não seria diferente.

Uma vez que a questão afetiva depende de duas pessoas, o que se traça em um mapa numerológico de casal são as afinidades; quais determinantes harmônicos entre o casal e quais são os aspectos desafiadores para que ambos tenham uma experiência juntos.

Em um estudo em que fazemos um espelhamento, por exemplo, podemos identificar defeitos nossos que quando não cuidamos nos incomodam e ao identificarmos em determinadas pessoas temos como resultado o hábito de repelir.

Neste ponto, porém, é muito importante se fazer presente um processo terapêutico curativo, para que esse tipo de ação seja identificado e tratado. Desvendando os olhos de preconceitos, intolerâncias ou mágoas da vida.

Mas acima de tudo é importante estar bem claro que a decisão de quem fica ou quem sai da sua vida, apenas seus próprios desejos e suas vontades podem decidir por você.

Outro aspecto interessante nesta questão é que o universo sempre caminha em prol do equilíbrio das coisas, neste sentido de tempos em tempos nos sentimos atraídos por pessoas com energias similares às nossas e por outro lado por vezes atraímos pessoas com energias completamente opostas.

Seria isso possivelmente uma função de estabilização e equilíbrio da harmonia universal, podendo condizer ou não com o seu mapa numerológico pessoal.

Tudo depende de quais temperos da vida você está disposta a experimentar. De quais imagens você quer guardar na memória. E quanto a isso a numerologia estaria aplicável a forma em essência dos seus olhos e desejos, mas não da forma como você se dispõe em seu percurso.

É possível encontrar equilíbrio e amenizar as curvas do pêndulo da vida. Mas quem direciona os seus pés é somente sua consciência e seus valores primordiais.

Compartilhe nas redes sociais

Yara
Yara
Trabalhando como jornalista e astróloga, Yara Vieira, divide o seu tempo sendo especialista em conteúdo web e analisando tudo o que está escrito nas estrelas. Tem como hobbies ler, assistir muitos filmes e explicar o que é Mapa Astral para os amigos.

Especialistas online