A primeira gravidez e o casamento, como fica esta relação?

Vou responder a essa pergunta logo de cara: um caos. Estou entrando no sétimo mês de gestação e o que mais ouço de meu marido é: “Você está muito louca”. Morro de rir, porque sei que é verdade, mas me preocupo em perder a mão, afinal, esta é a minha primeira gravidez.

É comum ficarmos com oscilação de humor, sensíveis, irritadas ou termos qualquer outro sintoma, afinal, cada grávida é uma e o que uma sente não é lei. Nosso corpo muda, ficamos insatisfeitas, desconfortáveis, cheias de hormônios e sensações estranhas. Em quem descontar? Naquele que está ao nosso lado, que participou da fabricação do bebê e que até agora não viu quase nada mudar em sua vida, enquanto que nós tivemos que mudar tudo a partir do momento em que o resultado do exame deu positivo. Vamos confessar que dá uma certa raivinha, vai?

Por exemplo, outro dia meu marido chegou estressado em casa e resolveu tomar uma taça de vinho. Eu também queria, mas tive que ficar olhando, pois meu médico não me deixa beber! Vou falar só para vocês que impliquei com ele só para descontar minha frustração.

Cuidados no casamento durante a primeira gravidez

O que eu tenho descoberto é que, durante a gravidez, precisamos cuidar da nossa saúde e do nosso casamento. Manter o diálogo aberto, fazer programas românticos, que tirem os problemas da cabeça dos dois e ver juntos algumas coisas do bebê. Não tudo, porque tem detalhes que homens não se interessam e, cá entre nós, mais atrapalham do que ajudam. Mas dê espaço para que ele participe, cuide de você e se preocupe com o bebê. Pense que é só isso que ele pode fazer no momento.

Se o clima estiver muito pesado entre os dois, façam programas separados. Outro dia eu disse ao meu marido: “Vá se encontrar com seus amigos, beba uma cerveja e fale mal de mim”. Ele ficou assustado, mas eu expliquei que entendo que ele precisa desabafar um pouco. Não vou levar para o pessoal. Ele foi e eu tive uma noite extremamente agradável, na companhia de chocolate e um filme água com açúcar. Quando ele voltou, estava bem mais calma e conseguimos conversar em paz.

A primeira gravidez é um acontecimento para os dois, mas cada um tem medos e descobertas diferentes. É importante respeitar e dar espaço para que os dois vivenciem esse momento tão mágico e especial que vai mudar a vida e o relacionamento de vocês para sempre. Se os dois estiverem bem, o bebê vai se desenvolver forte, feliz e sentindo o amor que vai receber quando nascer.

Agora que você já viu que as coisas que acontecem com o casal durante a primeira gravidez não são tão complicadas, é mais uma questão de entender e aceitar as mudanças que surgem e conversar bastante com seu parceiro, que tal se aprofundar ainda mais neste tema?

Veja nossas sugestões:

 

Compartilhe nas redes sociais

Avatar
Yara
Trabalhando como jornalista e astróloga, Yara Vieira, divide o seu tempo sendo especialista em conteúdo web e analisando tudo o que está escrito nas estrelas. Há mais de 5 anos é redatora no Astrocentro e tem como hobbie ler, assistir muitos filmes e explicar o que é Mapa Astral para os amigos.

Especialistas online